WhatsApp Loja Meus Fetiches

Vamos ao que interessa… Eu era casada. Meu casamento estava em crise, ou melhor, eu estava em crise. Cheguei numa fase que queria mais… Mais do sexo, mais da vida!

Depois de oito anos de casamento comecei a olhar para os lados e ter desejos por outros homens. Tenho um colega de trabalho, casado também, que de colega passou a ser meu amigo confidente. Sabia das minhas crises, das minhas vontades, das minhas mudanças, enfim quase tudo.

Sempre trabalhamos juntos e nunca olhei ele com outros olhos. Nem me passava pela cabeça algo parecido. Até que no decorrer do tempo, conforme nos aproximávamos, as pessoas notavam nossa afinidade.

Um dia, começamos a entrar em assuntos mais íntimos no trabalho mesmo que é o lugar onde passamos a maior parte do tempo. Depois passamos para o Whatsapp e quando percebi já estávamos bem além do imaginado, falando de nossos desejos e vontades. Combinamos de entrar o ano aprontando.

Mal passou Natal e Ano Novo e nós finalmente matamos aquele desejo que aguardamos por meses. Foi rápido, mas muito prazeroso e dali em diante começamos a nos envolver mais.

Meu casamento acabou. Foi uma decisão de ambas as partes. Era um lindo dia de sábado e nós iríamos trabalhar juntos e sozinhos na empresa. Um detalhe interessante é que na empresa onde trabalho só não tem câmera no banheiro. No final do dia ele disse que estava indo embora e eu disse “não vai me dar um beijo?”.

Ele veio em minha direção. Estávamos num ponto cego das câmeras e, como sempre, bastou um beijo para nos acender. Beijei-o levemente com uma mordidinha no final e quase que instantanemente lá embaixo deu sinal. Seu membro já estáva rígido!

Ele me pediu para parar, pois iríamos fazer uma loucura. Era isso que eu queria! Comecei a alisar ele e ficamos tão envolvidos naquele beijo quente e úmido…. Até que ele não estava mais aguentando e me virou de costas, abaixou minhas calças e pediu para meter só um pouquinho, pra matar saudade.

Eu estava completamente sem noção! Estava entregue àquele momento único. Enquanto me escorava no armário para não ser pega pela câmera, ele me pegou pelos cabelos e meteu com tanta vontade, com tanta gula e ao mesmo tempo dizia: “Você é louca!”

Nós estávamos quase unidos em um só corpo, num vai e vem alucinante… A adrenalina a mil pois alguém poderia chegar, porque estava próximo do horário de troca de turno. Quando ele estava quase chegando ao gozo, eu me virei e o abocanhei. Nossa! Estava latejando de tesão e naquele ritmo gostoso do seu sexo quente na minha boca, ele derramou seu gozo na minha língua.

Eu me deliciei e engoli tudo. Nenhuma gota sequer escapou. Foi só tempo de eu tirar a boca e bateram na porta. Quase passamos por um flagrante! Olha.. no auge dos meus 30 anos, essa foi a maior e melhor loucura que já fiz até agora. Ainda pretendemos fazer muitas e muitas outras…

Fonte: conto erótico enviado por seguidora anônima

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Masturbador

COMPARTILHAR
Artigo anteriorApenas observando minha esposa
Próximo artigoA Professora e o Militar
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.