E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais

Dançar sempre me deixa excitada. Corpo suado em movimento me faz sentir sensual, gostosa, arrasando sempre! Estava na balada com minhas amigas e na hora de ir embora me dei conta que era a única que estava hospedada em outro Hotel, do outro lado da cidade.

Chegando ao Hotel das minhas amigas, pedi um taxi. Ele chegou mais rápido do que gostaria e ainda fiquei por alguns minutos conversando e rindo com as meninas. Enfim, abri a porta da frente para me desculpar pela demora e quando o vi o taxista…. Nossa! Fiquei sem ar! Lindo, agasalhado, com cara de sono, olhos castanho deliciosos… Desculpei-me e fui para o banco de trás.

Ele não falava nada, não olhava pelo retrovisor e aquele silêncio me enlouquecia. Só olhava para o seu pescoço e desejava beijá-lo, sentir o seu cheiro… Estava ficando enlouquecida pelo estranho homem que ignorava minha presença no banco de trás. Quebrei o silêncio, perguntei mesmo vendo no taxímetro o quanto daria a viagem.

Disse que tinha vindo da balada e estava com pouco dinheiro. Contei que estava na cidade a trabalho, que teria apenas 3 horas para dormir. Ele me disse que nesse caso era melhor nem dormir. Eu sei que ele falou sem segundas intenções, mas aquelas palavras fizeram um arrepio percorrer meu corpo inteiro. Já não me importava mais com segurança, postura, moral. Passei a desejar aquele homem.

Trocamos poucas palavras e ainda assim não conseguia esconder minha respiração ofegante de desejo. Chegando ao hotel, perguntei se ele não se importaria em aguardar um instante. Iria buscar o dinheiro no quarto. Ele virou-se para trás, me olhou nos olhos e disse:

– Como você é mulher, eu aguardo. Se fosse homem não aguardaria.

Estremeci outra vez e percebi pelos olhos dele que aquela era a hora e eu teria que tomar uma iniciativa. Olhei bem para ele e falei:

– Que bom que me aguardaria,caso contrário teria que pagar com outros serviços. – Esperei dentro do carro uma resposta e ela veio quando ele novamente me olhou bem nos olhos e disse que poderíamos negociar. De imediato respondi: “Então arranca o carro que será um prazer pagar minha dívida!”

Falei isso e agarrei seu pescoço enquanto ele dirigia. Desci a mão no seu peito, sobre a coxa, ele realmente era muito lindo! Uma delicia de taxista! Encostei meus dedos no seu volume que estava tão excitado que não pude deixar de gemer e dizer que daria para ele ali mesmo no carro, se não fosse tão perigoso.

Chegamos ao Motel. Ele puxou pelos meus cabelos e me disse que me faria lembrar dele cada vez que pegasse um taxi. Subiu minha saia e sentiu meu prazer escorrendo pelas minhas pernas. Fomos ao banheiro, ele me colocou na pia de frente ao espelho cheirou meus cabelos e usou maravilhosamente suas mãos grandes e fortes para me fazer gozar.

Com ele me olhando através do meu reflexo do espelho, gozei, gemi e gozei outra vez. Implorei para cheirá-lo, suga-lo… Queria retribuir o prazer para aquele homem com os olhos mais sedutores que já vi…

Falou que eu cheguei no momento certo naquele taxi. Que ele estava ali para o meu prazer e que meus beijos já retribuíram qualquer prazer que ele viria a me proporcionar. Me levou para a cama e eu, embriagada pelo prazer do seu toque, me entreguei por inteira. Momentos que jamais esquecerei… Ele beijou meu corpo com desejo!

Eu precisava senti-lo… Ajoelhei entre suas pernas e minha boca retribuiu com muita vontade tudo o que ele havia feito em mim. Tinha um gosto bom, tinha cheiro de homem com muita pegada, uma cara de sem vergonha… Até que ele pegou pelos meus ombros, me levantou e me colocou de quatro na cama. Senti todo aquele mastro gostoso praticamente fazendo parte de mim, de tão gostoso que estava aquele momento. Gozei pela terceira vez, dessa vez junto com ele. Simplesmente inesquecível! Totalmente inusitado!

De volta ao Hotel, fiz questão de pagar a corrida. Ele me disse seu nome: Filipe.

Ah, meu taxista sedutor, nem precisava saber seu nome porque nunca mais vou te esquecer…

Conto Erótico enviado/escrito por Miriam
Fonte Imagem de Capa: Reprodução / Facebook
Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorDesejo Proibido Dela – Conto Erótico
Próximo artigoApenas Colegas – Conto Erótico
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.