WhatsApp Loja Meus Fetiches

Experimentou sexo com morangos? Esta foi nossa ideia para deixar o momento ainda mais inesquecível…

Tarde chuvosa de domingo, cheiro de terra molhada entrando pela janela, nós dois juntinhos. E para acompanhar este momento, vinho branco e morangos…

Fico observando ele deitado na cama, com aquela cueca boxer preta e camisa meio aberta no peito. Fico louca de tesão quando vejo ele deste jeito. E bem na sua frente, cá estou de calcinha e sutiã vermelho, deliciosa… Combinando sexo com morangos!

Para provocar, coloco um morango em sua boca, enquanto o beijo lentamente. Sinto a maciez de seus lábios tocando os meus. Fecho os olhos como se não quisesse perder nenhum segundo de tudo aquilo e deixo a tarde acontecer.

Derramo um pouco de vinho em sua barriga, vejo a bebida escorrer e formar uma pequena poça em seu corpo, onde a retiro com meus lábios bem molhados. Sinto suas mãos percorrendo meu corpo… A cada toque, um pequeno arrepio. Há muito desejo envolvido!

Neste instante, estamos sedentos como no deserto, somos uma miragem um para o outro, um sonho mais que perfeito.

Ele tira a camisa para não molhar mais com o vinho. Olha pra mim com aquele olhar maroto enquanto saboreia o morango, depois lambe o cantinho da boca como se dissesse: “me aguarde!”. Sem pressa, enche mais as nossas taças e brindamos ao nosso prazer.

Deitada de bruços no sofá, deixo que ele beije as minhas costas. Fico toda arrepiada no momento que seu corpo toca o meu. Sinto o calor de seu membro rijo e forte roçar em minhas pernas. Como é bom sentir pele na pele!

Suas mãos deslizam sobre o meu bumbum, acompanhando cada curva… De repente ele me vira de frente. Pega um morango, mergulha na taça com vinho uma, duas, três vezes e depois passa pelo meu corpo até chegar na boca. Ele sabe provocar como ninguém!

Ele tira meu sutiã e o “passeio” deste morango segue pelos meus seios… Até brinca com eles! Reveza a fruta com seus lábios junto aos mamilos que, imediatamente, ficam bem durinhos e eriçados.

Segue o seu caminho de perdição direto para minha barriga e vai descendo até chegar ao meu sexo. Para me deixar ainda mais louca de prazer, segura a taça e derrama um pouco de vinho em mim. O líquido gelado na pele quente… Que sensação maravilhosa!

Passa pelos meus lábios vaginais molhados e saboreia meu sexo com morangos. Abro mais as minhas pernas para recebê-lo. Nos beijamos com muita vontade, trocamos línguas e enquanto isso ele me masturba com seus dedos. Quero que ele me penetre agora! Não aguento mais de tanto tesão!

Ele se coloca em pé na minha frente. Diante daquela visão maravilhosa, chupo seu membro com muita vontade. Faço questão de olhar para ele enquanto lhe dou prazer. Sei que ele não resiste a isso… Em minutos sinto suas mãos empurrarem minha cabeça contra o seu corpo, enquanto ele fecha os olhos e geme gostoso pra mim.

Em seguida, ele me coloca sentada em seu colo, frente a frente no sofá. Suas mãos seguram firme em minha cintura para ajudar no movimento de sobe e desce, cada vez mais rápido e ritmado. Cavalgo sobre ele com todo o vigor possível! Corpo em febre…

Tempos depois mudamos novamente de posição. Ele me coloca de quatro no sofá, dando palmadinhas leves no bumbum. É claro que não ofereço resistência alguma. Sinto seu pau penetrar minha vagina com estocadas bem fundas, preenchendo cada espaço, tirando e metendo novamente. Como isso é bom!

Fico gemendo baixinho de tanto prazer. Ele está quase! Leva minhas mãos ao meu sexo; ele quer que eu me toque. Estou completamente molhada! Ele aumenta as estocadas e fica num ritmo tão forte que eu tenho que me agarrar no sofá.

Deixo o orgasmo vir! Meu corpo se contrai de prazer, ele não resiste e goza comigo intensamente. Bem que aquele momento podia durar para sempre.

Eis os fragmentos de nossa maravilhosa relação à distância…

Para terminar, ele me escreve dizendo: “Tudo o que fantasiamos tem sido como se fosse real mesmo. Nada é impossível de fazer, descrevo como se estivesse fisicamente contigo.”

Eu posso dizer a ele que o sinto como se estivesse comigo e que ele me dá prazer como se tivesse realmente me tocado. E mesmo que esteja longe fisicamente, estará mais perto do que qualquer outra pessoa já esteve.

Conto enviado por nossa seguidora anônima.

Você gostou deste conto erótico num estilo mais romântico? Então não deixe de ler esta outra história enviada por uma de nossas seguidoras: Sexo Selvagem no meio do mato. Tenho certeza que vai adorar também!

Masturbador

COMPARTILHAR
Artigo anteriorO Amante que mudou minha vida
Próximo artigoO Corno do Meu Marido
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.