WhatsApp Loja Meus Fetiches

Primeiramente vou me identificar como Ana e iniciarei explicando um pouco meu passado para que entendam. Quando tinha 18 anos terminei com meu namorado da época e reencontrei um amigo da época do ensino fundamental.

Namoramos por três meses. Foi pouco tempo, mas foi muito intenso sexualmente falando. Só que meu coração ainda pertencia ao ex-namorado. Logo voltei com ele e perdi o contato com meu amigo da escola, o qual vou chamá-lo de João.

Hoje tenho 34 anos, estou separada e com dois filhos. Em um final de semana em que estava sem meus filhos, minhas amigas conseguiram me carregar para uma balada. Eu me arrumei, me perfumei e fui. Minha cabeça estava sempre se lembrando da minha casa e da série de TV que estava passando aquele momento. E eu estava ali agora, naquela fila cheia de garotos e garotas novinhas.

Após alguns 20 minutos na fila e quase na porta para entrar, alguém vem bem perto da minha orelha por trás e fala assim: “Os anos que passaram te deixaram ainda mais linda”.

Nossa… Sério?! Gente, fiquei molhada e arrepiada com aquilo. Ao virar para olhar quem era o motivo daquela sensação dou de cara com o João (meu amigo do ensino fundamental). Que delícia de destino! Abraçamos-nos e ficamos surpresos de nos encontrar ali.

Após alguns pequenos minutos, ele me olhou deu uma piscada e disse para irmos até o carro para que ele pudesse anotar o número do meu telefone, assim não perderíamos o contato.

Lógico que fui! Chegando perto do carro ele me pega pela cintura e me gruda no muro me beijando com força e esfregando o membro já duro e delicioso como eu lembrava.

Passei as unhas por baixo da camisa dele pressionando um pouco, e escutando ele soltando um breve gemido e ao mesmo tempo falando: “Como estava com saudades desse corpo”.

Se eu estivesse de saia e sem calcinha tínhamos transado ali, pelo calor do momento e pela intensidade que foi a pegada. Após alguns minutos de pegação nos demos conta que estamos na rua em plena avenida movimentada e acabamos caindo na risada, pois parecíamos aqueles adolescentes de 18 anos atrás. Ele arrumou meu cabelo e me deu um selinho carinhoso.

Ficamos por mais de 1 hora conversando e dando um breve relato do nosso passado e tentando colocar um pouco do papo em dia. Logo lembramos que deixamos nossos amigos na fila da balada, mas a ultima coisa que queríamos era voltar para lá.

Eu mandei uma mensagem no whatsapp de uma das amigas avisando que não voltaria e que estava tudo bem. Para ela entender, coloquei também um coração.

Entrei no carro dele e saímos rumo ao motel. No trajeto já caí de boca onde eu realmente queria.

Chegamos ao motel já totalmente aquecidos. No capô do carro, ali na garagem do quarto, ele apenas tirou minha roupa e penetrou aquele membro delicioso e quente. Loucura demais! Após poucas estocadas já explodimos em um delicioso e intenso orgasmo.

Naquela noite nós dois fomos até o dia amanhecer fazendo sexo. Incansavelmente e deliciosamente, orgasmos atrás de orgasmos.

Foi tão intenso nosso novo reencontro que estamos com o casamento marcado para oficializarmos a nossa união e agora sem dúvidas do nosso sentimento.

Fonte: conto erótico enviado pela seguidora T. M.

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Masturbador

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMeu Amor Proibido
Próximo artigoAmarrada na cama
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.