WhatsApp Loja Meus Fetiches

Meu celular toca. Procuro-o entre os papeis espalhados sobre a mesa. Lamento mais uma vez estar sozinha no consultório em plena segunda-feira.  Atendo sem ver quem é… Minha mente estava a mil, demorei a entender o que a voz do outro lado falava…

Olhei o visor do celular: era ele. O tempo parou naquele instante. Rapidamente lembrei-me daquele encontro depois do expediente. Senti um ar de vitória depois da ultima loucura: ele ligou. Atendi calmamente, perguntei no que poderia ajuda-lo, acrescentando algumas pitadas de pimenta na voz. Ele, num tom autoritário e sedutor, disse para eu ir até o banheiro e me tocar para ele. Que ficasse ao telefone, pois queria que eu descrevesse cada gesto que fizesse como eu estava vestida…  Disse-me que estava “pronto” e que precisava de mim naquela hora.

Achei loucura, mas assim que ouvi dizer aquilo meu corpo também ficou pronto. Até a voz dele me excita! Queria me tocar com ele ouvindo meus sussurros e gemidos. Pedi que ele viesse até ao meu trabalho, afinal eu estava sozinha… Mas ele estava entrando numa reunião de negócios enquanto me ouvia gemer. Deixei-o absolutamente louco! Dizia que estava de p… Duro só de me ouvir daquele jeito! Assim que ele desligou, puxei a calcinha para o lado, tirei uma foto e enviei. Queria ver a cara dele ao receber aquela foto… Bem no meio de sua reunião!

Recompus-me e voltei para minha mesa e meus compromissos. Uma hora depois já estava completamente envolvida no trabalho e nem lembrava mais do fato. Estava no telefone quando ele entrou. Quase morri do coração! De óculos escuros falando no celular era um verdadeiro pedaço de mau caminho. Vi o volume que se pronunciava dentro de sua calça… Lindo volume, por sinal! Perdi o foco! Precisei desligar o telefone, pois nem me concentrava mais na conversa. Enquanto isso, ele fitava minhas pernas, gesticulando para que eu as abrisse e pudesse ver minha calcinha sob minha meia.

Ao colocar o fone no gancho, ele me puxou pelo braço. Levou-me para a sala reservada que tem lá no consultório, me beijou com intensidade. Sem muitas palavras, agarrou minha bunda, me debruçou sobre a mesa, abaixou minha meia levantou meu vestido. Tudo assim, um tanto selvagem! Ele me invadiu por trás… Seu membro era grande e me penetrou rasgando. A dor e o tesão se misturaram juntos aos meus gemidos… Esse é daqueles bons, que sabem o poder que tem! Quis reclamar, mas ele rapidamente me pegou pelos cabelos e segurou meu rosto sobre a mesa. Ordenou que eu abrisse minhas nádegas com as mãos para que ele pudesse ver aquele “entra e sai” gostoso; que só a gente sabia fazer…

Eu queria gritar a cada estocada, mas poderíamos ser descobertos a qualquer momento. Tive que curtir no silêncio! Foi intenso e rápido! Abria cada vez mais as minhas pernas para sentir ele dentro de mim. Estava completamente molhada! Fechei os olhos para deliciar cada segundo. Estava prestes a gozar…

Ele me encheu do seu prazer rápida e dolorosamente. Mesmo sobre protestos, ele se afastou de mim. Maldito! Eu queria mais! Olhou-me com aquela carinha de safado, beijou meus lábios com delicadeza e sorriu maliciosamente. Eu o arranhei! Queria que ele ficasse e terminasse o “seu trabalho”. Precisava dele ainda dentro de mim.

Ele arrumou-se e foi embora… E eu? Eu fiquei ali com raiva, com tesão (triplicado!), com vontade e com dor. Voltei resignada ao trabalho. Ele me paga! No meu celular, uma mensagem dele:

“Aquela foto que você mandou me deixou louco, gostosa! Vou compensar a rapidinha gostosa de hoje de um jeito que você amar”… Senti-me completamente usada e abusada! Mas adorei!

Autoria: Conto erótico enviado por Meriane – 09/06/2013
Fonte Imagem de Capa: Reprodução / Facebook 
Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Masturbador

COMPARTILHAR
Artigo anteriorUnhas Vermelhas – Conto Erótico
Próximo artigoDesejo Proibido Dela – Conto Erótico
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.