WhatsApp Loja Meus Fetiches

É a primeira vez que escrevo para um site de contos eróticos. Hoje resolvi relatar uma das aventuras que tive quando dava aulas de trânsito. Como sou instrutor de autoescola há alguns anos, prefiro não citar meu nome para evitar que coloque em risco a privacidade das minhas alunas. Tenho 26 anos, 1,79m de altura, 87 kg bem distribuídos, cabelos pretos e lisos, ombros largos, braços definidos, coxas grossas, me definindo como dizem “tipão”.

A primeira aluna que tive um contato íntimo foi na minha primeira semana de trabalho. Eu tinha acabado de me formar instrutor e ainda era inexperiente na área, mesmo sabendo por alguns instrutores da facilidade que se tem com algumas alunas.

A primeira aluna chamava-se Jéssica. Uma morena com cabelos curtos, magra, baixinha, bumbum e seios médios. Logo na primeira aula dela percebi umas perguntas diferentes, do tipo se eu namorava ou era casado. Perguntou também se já tinha saído com alguma aluna. Mesmo assim resolvi pensar que era apenas curiosidade e talvez que ela estivesse querendo deixar a aula mais descontraída.

No dia seguinte estava chovendo forte quando ela chegou até a autoescola e até perguntei se ela queria remarcar a aula devido à chuva, já que era sua segunda aula. Disse-me que não e percebi que estava inquieta e ansiosa para a aula. Apressamo-nos para irmos logo ao carro com todo aquele temporal.

Quando chegamos ao carro chamou atenção ela estar sem sutiã, pois eram visíveis os biquinhos dos seus seios, parecendo que iriam perfurar a blusa. Resolvi não olhar mais com receio dela perceber. Então dirigi o carro até um lugar mais tranquilo, como de costume, para que Jessica pudesse dirigir mais facilmente, sem muito movimento de outros carros.

Parei o carro. Quando estava saindo para trocar de lugar ao volante, ela pediu para esperar um pouco e me deu um pirulito de morango, dizendo que era pra adoçar minha vida. Aceitei e abri o doce e chupando inocentemente até que ela falou “não sabe como imagino essa cena em mim”. Fiz de conta que não entendi então ela insistiu sendo mais clara e direta dizendo “eu imagino sua língua, pelo meu corpo todo”.

Nessa hora assustei, recuei um pouco e dei uma risada sem graça. Percebendo que eu não iria tomar atitude, preferiu se aproximar dizendo que também usaria a língua em mim ali mesmo se eu deixasse. Olhou em meus olhos e disse que tinha o desejo de fazer sexo com o instrutor de autoescola!

Confesso que travei! Fiquei sem entender o que estava acontecendo até ela se debruçar sobre meu colo e começar a mexer em minha calça procurando o meu zíper. Acho que “acordei” e a ajudei abrir minha calça colocando meu membro para fora (que não é um dos maiores, mas com certeza é um dos mais grossos que ela viu).

Olhou bem para a cabecinha do meu p.. Babando, intensamente, todo lubrificado e então começou a passar a língua, bem devagar, suavemente. Quase enlouqueci e então comecei a alisar seus seios que se esfregavam pelo freio de mão do carro.

Meu sexo estava inteiro na boca de Jessica. Sua língua percorria minhas bolas, me fazendo gemer incontrolavelmente. Estava prestes a explodir! Não demorou muito para que isso acontecesse até que gozei, abundantemente, enchendo sua boca com um leite quente que até escorreu em minhas coxas. Sujou minha calça, mas como era muito gentil não poderia me deixar sair com a roupa naquele estado. Então ela me limpou com a língua, enquanto eu segurava forte seus seios.

Começamos a rir da situação. Olhei o relógio, percebi que sua aula estava acabando e precisaríamos voltar para a autoescola.

Quando chegamos acho que os outros funcionários notaram a situação, ainda mais depois que pedi para marcar três aulas seguidas para ela. Acho que precisaríamos de mais tempo para “ensina-la” a trocar as marchas.

Espero que tenham gostado, pois agora já estou experiente nesse ramo!

Autoria: Conto erótico enviado por T.M. – 22/07/2014
Fonte Imagem de Capa: Reprodução / Facebook
Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Masturbador

COMPARTILHAR
Artigo anteriorHomem de Cavanhaque
Próximo artigoVolta por cima
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.