WhatsApp Loja Meus Fetiches

Estávamos juntos á sete meses. Entre nós ainda não tinha rolado sexo anal. Algumas  vezes ele massageava meu ânus… metia o dedo.

Mas , ainda não havia pedido para ele me pegar por trás. Ele me respeitava. Achava que podia me ofender, pois sabia da minha história com meu marido, que me tratava como uma santa mulher casada. Para ele não podia isso, não pode aquilo. Fazia comigo somente o básico. Isso me deixava chateada.

Eduardo era diferente. Realizava todos meus desejos…todas minhas taras. Que eram muitas.

Fomos comemorar o dia dos namorados em um motel. Uma lindíssima cama redonda. Tudo estava bonito. O quarto cheio de pétalas de rosas e incenso aromático.Eu vesti uma lingerie Pink fio dental.

Começamos a nos beijar. Agarrei aquele membro duro e comecei a chupar. Ele gemia alto e sussurrava palavras picantes.Me colocou na cama e deu um beijo grego longo, que me deixou enlouquecida.

Louca para sentir aquele mastro todinho no meu ânus. Meu sexo pingava de molhadinha que eu estava.

Até que ele tentou colocar a  primeira vez. Não entrou porque era muito apertadinho.Lubrificou bem e na segunda tentativa entrou tudinho.

Foi uma explosão de prazer, gozamos juntos. Eu massageava meu clitóris, que estava durinho, enquanto ele segurava meus seios, dando estocadas maravilhosas.

E assim estamos juntos até hoje, com a mesma intensidade de cinco anos atrás.

Fonte:Conto erótico enviado pela seguidora Myla.

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Masturbador

COMPARTILHAR
Artigo anteriorReencontro com a loba
Próximo artigoSexo proibido
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.