WhatsApp Loja Meus Fetiches

Sabe aquele dia que você acorda, levanta, olha no espelho, se arruma e diz: hoje eu quero dar muito! Dar o meu melhor!

Início do expediente, aquela surpresa deliciosa. Entro na sala onde estão todos da equipe e deparo com aquele “colega” de trabalho que tira as minhas roupas e me deixa com tesão só com o olhar.

Cumprimenta discretamente na frente de todos, com um leve beijo no canto da boca. São lábios quentes… barba bem feita. Cheiro de homem! Ele era forte e com aquele “volume” marcando a calça jeans.

Aquele “bom dia”, que consegue me deixar molhadinha de prazer.

Olhares se cruzam todo tempo. Ele secando a minha bunda… eu mordendo os lábios, passando o dedo na língua. Observo seu olhar e ,vagarosamente, meus olhos vão deslizando sobre seu corpo, até parar e ficar, totalmente, concentrada naquele mastro que, aumentava o volume na calça.

O dia vai passando e entre um problema e outro, entre uma piadinha e uma risada, esse tesão vai so crescendo, e eu vou ficando cada vez mais atordoada e com vontade de sentir aquilo tudo dentro de mim

Meio da tarde, sala com poucas pessoas, para esclarecer algumas dúvidas na planilha, me aproximo e sento ao lado daquele homem cheiroso, enquanto observo o computador e sua explicação, vou alisando e enchendo minhas mãos com aquele membro forte e latejante. A fome aumenta ainda mais. Troco algumas palavras bem baixinho, do tipo: “quero te dar agora, delicioso!”

Ele, muito centrado mesmo com aquele mastro implorando para me devorar diz:” mais tarde minha ‘putinha’ delícia”.

Volto pra minha cadeira… mas é tanto tesão que sento e começo a levantar meu vestido, cuidadosamente, para os outros na sala não perceberem. Apenas ele tem a visão privilegiada,eu tirando minha calcinha.Escorregando por entre minhas pernas, toda molhadinha.

Com ela na palma das minhas mãos, levo até minha boca, dou um beijo e, rapidamente, sem ninguém perceber, arremesso em cima daquele moreno que, quase engole a calcinha.

Nessa hora eu, ainda, com a saia do vestido levantada, penetro dois dedos na minha vagina úmida, em segundos levo esse gostinho até a minha boca.

Nessa hora, meu diretor entra na sala e, por pouco, não percebe aquele tesão todo que rolava ali.

Já estava chegando final de expediente… salas vazias. Três pessoas um pouco distantes continuam a trabalhar e nós ali… sozinhos naquela sala imensa.

A situação ficou impossível.

Ele então, dá ordens para ir até o banheiro masculino aguardá-lo, pois terei uma surpresa.

Claro, faço um charme,é perigoso.Aquele tesão que eu fiquei o dia todo, valia a pena qualquer risco, só pra sentir aquele homem gostoso me arrebentando!

No banheiro enquanto aguardava ele num espaço de pouco mais minúsculo, fiquei alucinando com o que estava por vir.Ouço o barulho da porta abrir, ele entra apressado, e logo ficamos colados.

Começamos a nos beijar… era tanta vontade, tanta saliva. Estávamos insaciáveis. Suas mãos começaram a percorrer todo meu corpo e sem perder tempo, ele levantou meu vestido e estava com a mão quente no meu sexo molhado.

Safado, ele me vira de uma vez e continua a me beijar e roçar aquela barba cada vez mais forte no meu pescoço. Suas mãos me acariciavam forte.Ele me vira bruscamente , beija minha boca e fala:”vem cá falar ‘oi’ pra ele!”

Eu estava louca de vontade de colocar aquele membro grande e gostoso na minha boca. Sento no vaso e começo beijando e lambendo, delicadamente a cabecinha dele.Olhando nos seus olhos, repito o movimento bem de mansinho, curtindo cada pedacinho daquele homem. Em seguida, de uma só vez engulo o seu mastro todinho, até chegar na minha garganta.

Nessa hora só era possível ouvir o barulho ofegante da nossa respiração.

Depois foi a vez dele me chupar. As pernas sobre o vaso e ele ajoelhado… abocanhou meu sexo. Sua língua girava em meu clitóris e eu, pra não gritar, mordia as mãos de tanto desejo.Subitamente, ele levantou e com aquele gostinho de sexo na boca, me beijou e eu retribuí,lambendo e sentindo meu cheiro na sua boca.

Enquanto uma mão pressionava a minha cabeça na sua boca, a outra segura o seu mastro estava, praticamente, encaixado em mim. Ele estava duro e latejante. Entrou com força dentro de meu sexo que estava encharcado.

Não estava mais aguentando de tanto prazer , mas correr todo esse risco , merece a cereja do bolo.

Os movimentos dentro foram, lentamente, diminuindo, até que veio a ordem e aquela pegada forte. Posicionei com uma das mãos apoiada na descarga a outra na parede, ele, com uma das mãos, segurou seu pênis e com a outra, abriu a minha bunda, e ele foi colocando no meu ânus.

Nessa hora, eu olhei nos seus olhos e lentamente ele foi socando tudo. Eu não resisti, e aquele gemido gostoso veio, afinal aquela maravilha entrando em mim não tinha como ficar quieta.

Enquanto ele socava eu mordia meus dedos, meu rosto esfregando na parede. Era uma vontade de gritar pra qualquer um que tivesse ali ouvir:”Vai macho safado, come a sua ‘putinha’ particular!”

Depois de socar por um bom tempo dentro de mim… mais uma ordem:”vem cá, vou gozar nessa boquinha”. Nessa hora eu ajoelho. Ele com suas mãos massageando o membro e controlando a situação, solta aquele jato que entra todinho na minha boca!

Não deixo uma gotinha e engulo tudo. Levanto e ele vem de novo,fica se esfregando na minha bunda. Dessa vez ele se esfrega no meu sexo, que rebolava naquele mastro.

Agora era minha vez de gozar… enquanto ele socava, eu cuspia nos dedos e esfregava no meu clitóris.Não aguentava mais.

Ele disse: “vou gozar de novo”. Não resisti.Enquanto eu sentia ele gozar, eu lavava os meus dedos com um gozo fantástico.

Gemidos, respiração ofegante, suor e mais beijos pra finalizar essa cena de perigo e prazer, emoção e tesão!

Ele veste a roupa, sai primeiro… eu jogo o vestido sobre o meu corpo e saio toda metida daquele banheiro.

Agora sim!Fim de expediente!

Fonte: Conto erótico enviada pela seguidora Kamylla Ray.

Gostou desta história? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Masturbador

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAreias do prazer
Próximo artigoSegredo de mulheres
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.