WhatsApp Loja Meus Fetiches

Eu, sempre escrevo contos eróticos e estudo os acontecimentos que são, extremamente, picantes.

O relato que descreverei aconteceu de uma forma, totalmente alucinante e, por isso, compartilharei de uma forma romântica.Por se tratar de ocorrências profissionais, modifiquei alguns detalhes e nomes das pessoas.

Dr. Seditore é um personagem que tem muitos atributos sedutores clássicos e ,por isso , eu o recomendo sempre aos clientes da academia de medicina como “Personal Max Sexy”. Não só por ser o melhor, e sim pelo seu carisma, atributo pouco encontrado entre os homens.

Nossos clientes sempre procuram-nos para resolver seus casos de insegurança e insatisfação erótica.

Quero que saibam que além dos seus 65 anos , 1,70 m, 1,80 Kg de músculos avantajados, pratica natação, ciclismo, defesa pessoal, yoga, etc. Seus olhos verdes claros, combinam com a sua cor dourada e bronzeada, peitoral musculoso com pelos dourados. Ele tem sido um dos mais requisitados.E é tido como ” o cara”.

Descreverei outros personagens: Dalva, promotora de eventos e, anteriormente, top model. É uma loira escultural,com nádegas de deixar qualquer marmanjo tarado,de cair o queixo quando ela passa.

Com apenas, 28 anos de idade é sócia proprietária de uma das agências. Está com os seus 1,78 m, 60 Kg, bem distribuídos, salientando-lhe, boca, nádegas e seios, curvas com precisões métricas,que desafiam a própria medicina moderna.Simpática,sexy ao extremo. Encantadora até para os mais jovens e mais idosos.

Sempre alegre e de caráter exemplar. Enfim, uma mulher digna dos mais requintados palácios. Fiel ao seu companheiro, ao extremo e, definitivamente, moderna.Qualquer homem de classe, daria a sua própria vida para ter uma mulher assim.

Ricardo, 35 anos, um advogado muito famoso, vindo de uma família tradicional de magistrados. Muito rico, charmoso, porte atlético, 1,82 m, 75 Kg, bem distribuídos e de barriga tipo “tanquinho”. Cabelo loiro, olhos verdes, pele bem bronzeada dourada, com pelos bem desenhados em seu peito musculoso.Costuma jogar vôlei, procura se destacar, também, como nadador exemplar. Enfim,um verdadeiro Deus grego.

Procurou-nos, como a maioria, para resolvermos, o seu dilema:”Doutor! Bianca é uma ninfeta de tirar o fôlego de muitos marmanjos. Na época que se mudou para a rua em que moro, tinha ,apenas, 18 anos. Daqui á um mês, completará 19″.

Portadora de um par de seios tipo peras duras,cintura fina de pilão, nádegas bem arrebitadas, sua pele é aveludada. Seu andar exibicionista bem cadenciado, olhos gateados e de negritude brilhante, sua boca carnuda… costuma usar batons que a deixam parecer ter nascida, só pro meu prazer!

Ela é super inteligente. Deverá cursar a academia militar especial, em breve.

Estou a ponto de ir à loucura.Isso jamais poderia acontecer comigo, amo a minha esposa, como nunca amei ninguém.

Ricardo, de maneira nenhuma tinha olhado Bianca antes, com outros olhos, por ser sobrinha da sua linda esposa.

Continua então, o seu polêmico relato para o famoso, Dr. Erotides Honorato:”Bianca sempre ia lá pra casa, dormia, ficava na internet até altas horas da madrugada.Até aí, tudo normal.Só que ocorreu um fato marcante, mexendo comigo e despertando minha atração sexual por ela”.

Nós tínhamos o costume, quando saíamos (Eu e minha esposa) de a deixarmos com seu namorado, lá em casa. Moramos perto de Bianca e não seria necessário deixá-la, em nossa casa quando saímos, mas confiávamos muito nela (Eu ainda confio ,até hoje!).

Certa vez quando saí para um determinado lugar, chegando lá notei que esqueci uns papéis em casa.Voltei mais que depressa para buscar, mas já tinha certeza que a pegaria no flagra, com seu namoradinho.

“Se ela mora tão próximo da gente, por que fazia tanta questão de ficar na nossa casa?” Conversava com os meus botões! Olha só o que ocorreu, para minha satisfação.

Chegando em casa, entrei nas pontas dos pés (também já fui adolescente e sei como as coisas funcionam) e, para minha surpresa, ela estava transando com seu namorado.Só não deu para eu ver nada, pois quando abri a porta da casa ,Bianca ouviu o barulho e correu para o banheiro.

Ainda deu para vê-la, em seguida observei o namorado dela, todo assustado com aquela situação.Resolvi, então, amenizar as coisas. Peguei os papéis e saí fora.

No outro dia,tive a oportunidade de falar com Bianca e, disse a ela coisas do tipo:”tem que se preservar. A gente quer o melhor para uma filha. Consideramos-lhe como tal, porque, ainda, não tivemos o prazer de gerar, nenhum rebento”.Ela então, garantiu-me,não mais fazer sexo, ali em casa.

O problema,é o que surgiu em mim, depois daquele dia… um  desejo ardente por ela.Diga-se de passagem, ela é uma ninfeta muito sensual. Tem uns seios lindos e umas nádegas que me fazem delirar.

Depois de contar esta história ao doutor, ele questiona:”E agora doutor?O que faço?Não posso arriscar o futuro do meu casamento!”

A resposta veio pronta:”Meu caro amigo Ricardo. É, agora que Seditore entra em ação”.Ele assusta diz:”Como assim doutor? Outro homem para ter relações amorosas com minha esposa?”

O doutor explica:”A ideia é a seguinte: Seditore irá seduzir sua mulher e sua sobrinha para abrir caminho para você.Só assim sua esposa, não poderá ir contra as suas fantasias.Desde que você, também, aceite as dela. Sabemos, através de diversas experiências adquiridas, dentro da sexologia e medicina familiar,que todos aceitarão o jogo.Dalva, nem poderá imaginar a jogada, pelo menos no inicio”.

Na dúvida ele pergunta:”Então o que devo fazer?”O doutor manda convencer Bianca a se reunir o mais rápido possível.

Ele pergunta curioso:”Será que ela virá? Depois daquele dia, eu acredito na possibilidade dela ter ficado, definitivamente arisca”. O doutor responde:” Consiga o numero do telefone dela,que minha assistente, a Dra. Ísis fará o resto”.Ele tinha o número em seu celular e a doutora Ísis foi chamada.

Nisso, Dr. Erotides Honorato toca o interfone, passando o número de Bianca e, de Seditore a Dra. Ísis, para que, os convoque para uma reunião, onde Seditore, Bianca, Dra. Ísis,Ricardo e ele mesmo, participarão.

Após, lá estavam todos em uma mesa redonda.

Bianca embora estivesse um tanto, quanto, desconfiada e trêmula, ao ver Ricardo.Mesmo assim, não se abateu porque a Dra. Isis,  havia preparado para aquele bate- papo educativo.

Dra. Isis se apresenta ao grupo, muito embora ela só não conhecesse Ricardo e Bianca.Portanto, por questões de etiqueta, faz reverências á todos ali presentes, com o intuito de quebrar o gelo e a tensão do momento.

“Estou aqui para expor algumas regras da nossa mesa redonda.Regra principal: deveremos respeitar a opinião alheia e não forçar nada. A identidade só poderá ser revelada aos participantes e futuros aliados.Nada será encarado como sexo explícito ou algo similar. A intenção é  esclarecer fatos, salientando-se que, a “tara”é considerada doença e, bem diferente ,da atração sexual voluntária.Todos confirmem, por documentos de identidade, serem, maiores de idade.Só se fará concluir as intenções de nossa terapia de casais,desde que, o referido contratante e a sua esposa, em questão, venham aceitar.Dado por iniciada a nossa mesa redonda”.

Pergunto em primeiro lugar à Seditore se ele aceita a empreitada. Empreitada esta contratada pelo Senhor Ricardo, de seduzir a sua companheira, no sentido didático e de facilitar a atração deles para com outras fêmeas e outros machos (para Dalva), desde que aceitas pelo casal.

Seditore olha em volta observando, fotograficamente Bianca. A  loirinha e percebendo o quanto ela estava se deixando envolver, com a conversa e com a fantasia criada pela Dra. Ísis.Respira fundo e responde:”Eu só aceitarei esse desafio desde que eu venha conhecer, antes de tudo, a esposa de Ricardo. Tem que ser, ainda, nessa reunião. Não admito traição. Quero que saibam que só faço isso, pelo amor que todos têm que ter uns pelos outros”.

Dr. Erotides Honorato, mais que depressa, se dirige ao seu celular, perguntando se alguém discordaria da ideia de se chamar Dalva, mulher de Ricardo, para vir  juntar-se à mesa.

Ricardo e Bianca ficam muito nervosos, e então ela pergunta:”E se, minha tia odiar tudo isso. O que farei para explicar para os meus pais?”

Ricardo pede licença para falar:” Pelo que conheço de sua tia Dalva, eu garanto que ela irá concordar, desde que seja com transparência total e sem mentiras que poderão resultar em traição”.

Bianca já se sentindo atraída por Seditore, olha em volta, sorri e balança a cabeça, com um olhar de menina sapeca e ao mesmo tempo de safada.Dizendo que está gostando do jogo e pede a palavra:”Está certo! Eu irei entrar para academia militar na semana que vem e farei 19 anos daqui a alguns dias. Portanto, em breve, não serei a filhinha da mamãe!”

Dalva recebe a ligação do Dr. Erotides Honorato, quando retornava do trabalho,  após as devidas identificações, indaga no que pode ser útil. Ele responde:”Antes de tudo, quero garantir à senhora que, esta ligação, não tem nada haver com quaisquer urgências médicas.E sim, sua finalidade principal, é a de estabelecermos este contato. Para que a senhora venha até a nossa clinica, onde, prestaremos esclarecimento. Na palavra da Dra. Ísis, nossa sexóloga, com respeito a sua relação amorosa com o seu marido que,se encontra aqui, desde algumas horas”.

Ela apenas respondeu para  passar o endereço e que iria imediatamente.Ele responde:”Estou dirigindo esclarecimentos ao grupo. Devemos deixar a Dra. Ísis receber Dalva para continuarmos a mesa redonda sobre educação sexual.E, partir desse momento. Peço licença para me retirar. Irei continuar escrevendo os meus livros”.

Não demorou muito para Dalva chegar e Dra. Ísis assumir a posição na mesa, no lugar do Dr. Erotides Honorato e dar seqüência, aos trabalhos:”Seja bem vinda minha cara amiga! A senhora deve estar se questionando o que a sua sobrinha faz aqui, juntamente, com o seu marido”.

Ela retorqui:” Não! Eu já vinha percebendo o movimento da parte de minha sobrinha e estava facilitando, o romance entre eles. Afinal, a premiada está sendo, eu. Nos últimos meses, ele tem sido mais presente na nossa vida amorosa.Provavelmente, pensando em minha sobrinha,Bianca”.

Ao que ela pergunta “A senhora aceita esse triângulo amoroso?”. Sua resposta veio logo:”Sim! Desde que eu tenha os mesmos direitos do meu marido.”

Doutora Isis explica:”Nós exigimos via contratual,que tudo ocorra em comum acordo e de forma que haja seduções, sem aberrações doentias,para que não haja, nenhuma possibilidade de destruição da vida conjugal de nossos clientes. Sugerimos que o major Dr.Seditore, nosso melhor especialista, possa entrar, nesse triângulo amoroso. Ele, antes de tudo, será contratado para tal, onde rezará uma cláusula que ele só será sedutor de aluguel, não podendo se envolver sentimentalmente, com nenhum dos participantes”.

Dr. Seditore olha de alto abaixo, aquela linda pantera de olhar gateado e de curvas estonteantes, sorri dizendo:” Se todos concordarem, eu estou disposto a viver mais essa aventura, desde que, não haja trauma para ninguém”.

Terminada a reunião, todos se abraçaram e se dirigiram aos seus lares.

Passados alguns dias,Bianca voltou a dormir, novamente, na casa do casal e, Ricardo conseguiu pegar o celular dela para dar uma olhada, pois ela adorava tirar fotos.Para o espanto de todos, inclusive de Dalva, havia umas fotos muito sensuais, com Bianca só de tanguinha amarelinha.

Aquelas imagens; logo mexeram com a imaginação de Ricardo. Desde então; a sua vontade despertou com relação aquela ninfeta de olhos negros, de pele bronzeada dourada e de cabelos, encaracolados e loiríssimos,parecendo fios de ouro. O corpo de Bianca,fisiculturista, contendo uma linda tatuagem, em formato de borboleta, discretamente posicionada, sobre sua nádega direita; parecia estar pedindo para ser todinha explorada por um homem romântico, mas, ao mesmo tempo; experiente.

Ou até, mesmo por Ricardo, que, às vezes; ficava até de madrugada navegando na internet. Ele sabia que ela também gostava, foi tentando, inúmeras formas de se aproximar mais dela, via internet e; poder teclar com ela na rede social… Portanto; não demorou muito para ela aceitar seu pedido de adição no facebook.

Ele, então; aproveitou a ocasião para tocar no assunto das fotos sensuais, alegando querer umas fotos dela, mais recentes para; deixar em computador por que, as que ele tinha; estavam antigas.

Enquanto isso Ricardo sabia que sua mulher; estava sendo seduzida por Seditore, via internet ou celular.Isso, o fazia ficar mais excitado! De repente, Dalva aparece na sala bem vestida e; sugere a Ricardo trazer sua sobrinha, a ninfeta de olhos negros para ficar com ele, enquanto ela; fosse jantar com Seditore.

Ricardo há muito não via a sua companheira tão decidida e, sensualmente feliz.
Concordaram tudo entre, os três e; partiram para, novas aventuras, sem nenhuma mágoa ou culpa.

Logo, Ricardo teve a oportunidade, ainda naquela noite, de perguntar se Bianca:- Você tem algumas fotos sensuais?Bianca, meio sem jeito, respondeu:- Sim, eu as tenho!

Desconversou um pouco e, em seguida; enviou-lhe, as fotos, pelo Whatsapp…
Com isso, o pênis de Ricardo já subiu, ao ver, novamente, as fotos daquela deusa, agora, em seu celular.

Ricardo suspira aliviado, embora; estivessem juntinhos… Para espanto e alegria dele; eram as mesmas do celular dela que ele; já havia espiado, na outra noite… Agora; sussurra no ouvido de Bianca:- Você; não faz ideia, de quantas masturbadas, eu já havia dado; pensando em estar fazendo amor com você depois que vi estas fotos!

Ricardo ficou louco de vontade; percebendo seu pênis pulsar.Pena que ela estava menstruada.Portanto passaram boas horas, entre beijos e carícias.
Ricardo havia recebido lições de Seditore para que ele fosse romântico e paciente na hora de seduzir, realmente, aquela inexperiente ninfa!

Enquanto isso, Seditore e Dalva se divertiam; dançando. Quando, uma seleção de musicas havia terminado; se dirigiram a mesa e conversaram muito.

Dalva afirmava amar muito o seu marido e, embora ,nunca pudessem ter filhos.Relatou também, que estavam casados há dez anos, em verdadeira lua de mel.

Ela se sentia muito amada e salientou que nunca iria trocar Ricardo por nenhum outro homem.Embora ela, sempre desejasse que a cabeça dele abrisse, para uma relação mais moderna!Afirmava, incontinentemente, que isso, viria acender cada vez mais o fogo da paixão, que havia entre eles.

Seditore ,como um bom sedutor profissional, naquela noite, deixou Dalva se sentir à vontade e procurou mudar o rumo da conversa:”Você já parou para pensar o que sua sobrinha e seu marido estão fazendo?”

“Eu tenho certeza que, quanto mais ele tiver se aproveitando dela, mais ele me procurará, em nossa cama”. Ela abraçou e olhou bem lá dentro dos olhos de Seditore. Procurava oferecer seus lábios carnudos e sedentos para seu macho ardente que havia deixado molhadinha, enquanto dançavam.

Embora, o clima tivesse esquentando entre eles,Seditore pediu a ela para ligar para o outro casal que ficara em casa. Sugerindo á eles que esperassem acordados.Ele afirmou ,que juntos, iriam ter novas e deliciosas surpresas.

Dalva, imediatamente, obedeceu a seu amante Seditore. Para surpresa de todos, o seu marido e a sua sobrinha tinham pensado no mesmo.

Ao chegarem, encontraram um clima de sedução e harmonia. Parecia que haviam descoberto que o melhor seria, mesmo, a quatro. Por estarem sentido a mesma falta, que o outro casal sentia!

Ricardo inicia o ritual, procurando sua esposa para uma frenética noite de amor.Portanto, ela sugere à sua sobrinha para que ambas fizessem um streptease, para apimentar mais o clima.

Bianca sussurra no ouvido da tia, contando-lhe que estava “naqueles dias”. Seditore, mesmo sem saber da situação que ocorria com Bianca, aproveita o clima e sussurra no ouvido dela que, iria lhe fazer uma garganta profunda.

Bianca, inocentemente pergunta à Seditore:”Poderia me explicar do que se trata essa garganta profunda?”. Ele chamou-a delicadamente e disse:”Venha cá que irei lhe ensinar e você poderá fazer, posteriormente, em Ricardo”.Ela perguntou o que poderia ser feito , ao que ele responde:”Abra bem a sua garganta e deixe o resto comigo”.

Enquanto Seditore penetrava, profundamente na garganta de Bianca, o outro casal, passou a se interessar pela brincadeira. Assim, as duas passaram a arfar.O cheiro de suor, tipicamente sensual, invadiu o ambiente fazendo com que Bianca esquecesse que, estava “naqueles dias”.

A conversa continuou entre Bianca e Ricardo que, logo mencionou sobre aquela noite, que ele a pegou transando com seu namorado. No início ela negou, mas logo confessou que tinha transado, mesmo.

Ricardo brincou falando que ele, na verdade, teve muita vontade de participar da festinha deles. O clima foi esquentando e falou sobre as fotos dela:”Você estava um sonho de ninfa.Gostaria de tirar mais fotos assim?”. Ela disse que aceita , porém teria que ser os quatro. Ele assentiu.

Bianca levaria várias roupas para as fotos e chamou sua tia para que reunissem juntos, os seus trajes especiais, para aquela noite que seria batizada como “a noite das safadas aliadas”( na véspera de seu aniversário de 19 anos).

Tudo ficara acertado entre os quatro amantes.Dalva, porém foi tomar banho na piscina com Seditore. Enquanto Bianca ficava na sala com Ricardo. Mal ficou sozinho, ele não perdeu tempo, agarrou-a e deu um beijo bem gostoso em sua boca deliciosa. E, diga-se de passagem, a safada beijava muito bem.

Ricardo teria a oportunidade de agarrar Bianca na madrugada, já que se sentia livre da menstruação que tanto a atrapalhou.

Lá pelas 02 da manhã ela foi à cozinha tomar água, e eu logo em seguida… Ricardo foi atrás dela. Agarrou-a de novo e beijou aquela boquinha de menina sapeca, com muita vontade.

Bianca, se sentindo no clima, levantou sua própria blusa para que Ricardo visse seus seios lindos e durinhos e os beijassem, chupando, deliciosamente, seus mamilos durinhos de excitação.

Ele gemia baixinho e abaixou logo o shortinho que ela estava usando para ver aquelas nádegas, que o deixava maluco de excitação.

Bianca estava com uma minúscula calcinha, toda enfiada entre suas nádegas polpudas.Ricardo, agachou-se atrás dela e caiu de boca naquele monumento artístico traseiro, penetrando sua língua até onde seu minúsculo buraquinho, permitia.Depois, pediu pra ela puxar sua calcinha de ladinho e penetrou seu dedo na sua vagina, que estava toda depiladinha e deliciosa.

Levantou-se, agarrando-a por trás e a foi empurrando ela lentamente para a parede da cozinha, encaixando seu pênis, entre suas coxas.

Bianca, depois de dar um longo beijo em Ricardo, ainda pensando em Seditore exclama:”Vai lá e faz amor com a minha tia, agora… pensando na minha boca em seu pênis.Vai, seu safado!”

Ricardo, Ficou na cozinha tomando um pouco de água e tentando se recuperar daquela situação.Ele poderia insistir um pouco mais e comer sua sobrinha ali mesmo. Porém se recompôs, pois sua esposa podia não gostar de sua violência e ia dar uma merda danada. Esperou a Bianca sair e logo foi, também, a procura de sua amada.

Chegando ao seu quarto com o pênis estourando de vontade de entrar em uma deliciosa, orgia.

Dalva, porém, aguardara aquele momento e enquanto Seditore corre para o quarto de hóspedes com Bianca, ela recebe o seu corninho, gostoso.

Ela já havia aprendido muito com o mestre e poderia mostrar como é bom aprender, direitinho a lição de casa. Não deu outra. Ricardo abraçou sua esposa por trás.

Dalva mesma, desceu a calcinha empinando sua anca para o lado de Ricardo que, levou a mão à boca, pegou cuspe, passou na entrada de sua vagina e deixou tudo pronto para uma penetração com toda a fúria.

Que loucura! Há muito o casal não se sentia assim.

Ricardo, cavalgou muito na sua mulher, pensando na pequena vagina de Bianca.Finalmente, soltou todo seu volume de sêmen no rosto da sua mulher e dormiu, agarrado a ela, mas com a Bianca na sua cabeça.

O cheiro de seu sexo, ainda estava nos meus dedos. Ele tinha que seduzir aquela belezinha, e tinha que agir rápido, antes de Seditore o fizesse.

Dalva conversa com Ricardo dizendo-lhe que estava feliz pela sua sobrinha ter entrado em suas vidas, mas, as regras do jogo não estavam sendo obedecidas.

Para surpresa de Ricardo, Seditore e Bianca, batem na porta do seu quarto e entram:
Sem entender nada, porém; adorando aquela cena que acabara de presenciar, Ricardo aplaude e se sente um marajá com as duas belas mulheres ao seu dispor… Fotografa em seu olhar, o lindo corpo nu de sua ninfeta.

Ricardo teve que se conter, pois em seguida elas entraram no banho e foram colocar uma roupinha toda especial para eles. Quando viu a Bianca com aquela minúscula calcinha, enfiada naquelas nádegas maravilhosas, não resistiu e começou a chupá-la, todinha.

Era um sonho ter aquela ninfeta nos seus braços, mas ela também sabia como enlouquecer um homem na cama.Fizeram um “69” bem gostoso.

Em seguida a colocou de quatro e começou a penetrar naquela linda vagina. Enrolou aquelas madeixas em sua mão e puxou para entrarem no ritmo da cadência, bem gostoso com ela.

A safada, olhando para sua tia e Seditore, gemia deliciosamente:”Penetre gostoso safado”.Bianca falava,deixando Ricardo louco de excitação, ainda.

À medida que seu excitação aumentava puxava seus cabelos, dava uns tapas naquelas nádegas branquinhas e introduzia seu pênis com força. E ela adorava, rebolando, gemendo e falando que estava gostando muito de transar com ele.

Em seguida ele se deitou na cama e ela veio por cima.Quando ela sentou no seu membro, sentiu apertadinha e foi se abrindo aos poucos, engolindo sua fartura, até encostar embaixo. Ela, apenas sorria e começou a rebolar, fazendo caras e bocas para ele, quase se levando ao gozo.

Não sabia ele que fazia tudo àquilo que, acabara de aprender com Seditore. Mas, com muito esforço, segurou. Ele ainda queria aproveitar mais aquela ninfa deliciosa. Levantou-se e pediu para ela aceitar um “69”.

Não é a primeira vez e nem será a ultima que Seditore vive uma aventura tão extraordinária.

Só que a sua vontade é de viver ao seu modo e, não sob a determinação degradante do homem, com poucos escrúpulos!

Só para finalizar, as duas mulheres aprenderam a servir um macho, mas, na realidade, elas gostam mesmo é de estar na companhia de Seditore.

Fonte: Conto erótico enviado pelo seguidor Dr. Erotides Honorato.

Gostou desta história? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Masturbador

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNoite espetacular
Próximo artigoIronias da vida
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.