WhatsApp Loja Meus Fetiches

Poderia ser apenas uma noite de quarta-feira como outra qualquer, mas essa reservava surpresas inesperadas. Eram 20h20minh quando fui surpreendida por uma mensagem: “Cuidado! Cuidado.”.

E sem entender, questionei porque devia ter cuidado, imediatamente ele respondeu “atentando…” A partir daí iniciou-se uma conversa despretensiosa, com o único objetivo de nos conhecermos melhor, uma vez que nosso único contato foi em um grupo dois dias antes. E relembrando nosso contato, rimos e ele confessou: “Você é a primeira pessoa que vou atrás pra conversar”.

Como assim? Um homem charmoso, extremamente sexy, que me incendiou outro dia apenas lendo alguns comentários no grupo, estava ali dizendo que eu sou a primeira pessoa que ele procura para conversar. Eu me senti lisonjeada e ao mesmo tempo excitada, afinal aquele homem havia me incendiado com seus comentários outro dia.

Agora estava ali me dando oportunidade de dizer o quanto eu o havia desejado naquela noite de segunda feira. E assim o fiz, a mocinha tímida e calada do grupo, que pouco se pronuncia deixou a mulher liberal e decidida assumir aquela deliciosa conversa.

Sem que ele esperasse, eu disse: “Você me despertou, me deixou te desejando, cheia de tesão e pela primeira vez fiquei até duas da manhã só imaginando o quão gostoso é o homem dos comentários calorosos”. Ele logo respondeu: “Gostoso saber disso. Não faço a linha de dar em cima de todo mundo, mas naquele dia estava com tesão e a cada vez que você correspondia me deixava ainda mais excitado”.

E automaticamente me perguntou: “Esse tesão aí que sentiu… Ficou toda molhadinha me desejando?”. Eis a pergunta chave, suficiente para me excitar e dar vazão a minha imaginação que só desejava ser saciada por aquele homem sexy que estava do outro lado da tela.

Como não podia ser diferente, reproduzi o que minha imaginação desejava e imediatamente respondeu: “Fiquei com vontade de te saciar, te pegar com vontade, com força. Você está mexendo com meu instinto, com meu corpo. Não estou conseguindo me controlar”.

Uau! Definitivamente ele sabia como me enlouquecer. Cada frase digitada me provocava uma sensação diferente e inexplicável. Meus olhos fixos naquele chat ansiavam por mais e pela primeira vez, queria ir além sim, ousar, atiçar…

E num breve silêncio ele disse: “Você está quieta”. Era a deixa perfeita. Imediatamente respondi: “Imaginando como seria se eu pudesse te encontrar agora… meu olhar te devoraria, iria me inebriar no teu cheiro, beijaria sua boca ardentemente, teu pescoço, mordidas na orelha e minha língua logo percorreria teu corpo todo”. Suspirei de tanto tesão ao imaginar aquela situação.

“Lamberia seu tórax – alternando lambidas, mordidas e chupadas – exploraria cada centímetro do seu abdômen e finalmente minha língua iria deslizar na sua virilha, alternando sugadas deliciosas em seu sexo… E quando você já estivesse louco de tesão tomaria seu membro em minhas mãos e te chuparia com muita avidez”.

Logo fui interrompida com um: “Caralho, que gostoso! Meu celular tá descarregando a tomada fica longe de onde estou. Você me espera, quero continuar isso… Tô com muito tesão”. Deu tempo de dizer que esperaria sim, calcinha molhada e a aquela sensação de “Não acredito que tivemos que interromper! Maldita bateria…”.

Felizmente, após quatro longos minutos ele estava de volta ao chat, pois o carregador chegava até o local que estava. Não perdi tempo, “Posso continuar te chupando?” E ele apenas disse: “Deve, delícia”. Prontamente continuei aquele sexo oral ousado e tentador, passando a língua na cabeça de seu sexo, lambuzando minha boca, alternando lambidas e sugadas…

Explodindo de excitação, paro e peço “Me dá um tapinha na cara” (respiração ofegante, tomada por uma sensação inexplicável de prazer pelo desconhecido). Automaticamente: “Bato com ele em sua cara e te coloco pra chupar de novo. Vontade de me tocar te imaginando…”.

Meus dedos tornavam-se cada vez mais ágeis naquele teclado e eu fui me descrevendo ao ler tudo que ele me dizia, “Estou enlouquecida, com muito tesão, com muita vontade de você” (breve silêncio).

“Que delícia, vontade de te comer gostoso, com força, muita força! Te bater, te chupar, fazer você gozar em minha boca. Isso me enche de tesão”. Minhas mãos trêmulas, o corpo em chamas, avisei que logo esse gozo viria só de imaginar o que ele faria comigo.

Então, foi a vez dele continuar me incendiando “Estou chupando os seus seios, mordendo o bico deles, chupando, apertando”. Eu estava completamente arrepiada… “Descendo a boca na sua barriga, mordendo, passando a língua no teu corpo todo, chegando à virilha, mordendo…” Respiração ofegante, não dominava mais as reações do meu corpo.

Apenas falei “Tô segurando o gemido aqui!”.

“Se estivesse comigo iria apanhar se não gemesse pra mim”. Com certeza não apanharia! No tesão que estava já teria gemido no ouvido dele, gritado de tanto prazer.

“Beijando teu sexo, passando a língua, sem chupar… Parei, estou te devorando com os olhos”. Ele fez com que eu me molhasse inteira, sentia escorrer pelas pernas. “Com meus dedos te toco, colocando lá dentro, entrando e saindo… Nossa! Meus dedos estão lambuzados! Como você está molhadinha”.

Neste momento eu estava entregue. Enquanto ele descrevia o vai e vem dos seus dedos, meu corpo fazia todo movimento, sem que fosse preciso eu me tocar, afinal meus dedos não saiam daquele teclado. Meu corpo respondia aos estímulos daquele homem extremamente sexy.

“O meu objetivo é te fazer gozar em minha boca, porque isso me enlouquece… Estou enfiando a língua, chupando, sugando, saciando minha vontade de você. Puxando seu clitóris, chupando, te devorando… A língua deslizando rapidamente e eu ordeno Goza na minha boca, safada!”

Sem que fosse preciso ler mais nada, tirei a calcinha e gozei “na boca” daquele homem maravilhoso, lambuzando-o todo, entre gritos e xingamentos que expressavam todo o prazer que eu sentia naquele momento.

E ele continua, “Boca cheia d’água aqui. Agora me diz onde você gozou, minha cadela?”. Eu literalmente gritava e digitava “Na sua boca, tesudo, safado! E implorei, me come seu cachorro, me come…”

“Agora de quatro te pego com força! Vontade louca de te comer. O meu mastro latejando aqui… metendo, te batendo, fazendo você gritar de tesão. Rebola nele, geme pra mim! Estocadas fortes e rápidas, bato na sua cara e exijo para gemer alto, minha safada!”

Tomada de desejo, eu estava entregue aquele homem que não me tocou, mas que fazia de mim seu objeto de desejo. Já estava completamente nua, de quatro, sentindo e reproduzindo cada movimento descrito por ele. Aumentei o volume do som do notebook, na tentativa de abafar meus gemidos e gritos de prazer, na playlist Ritmo Perfeito de Anitta (acústico). Clima propício para continuar aquela noite surreal.

“Deita de bruços! Exige ele. Estou deitando sobre você. Agora quero sua bundinha ao mesmo tempo em que toco seu sexo”. Minha respiração cada vez mais ofegante implorava que ele continuasse. Gritava seu nome, dizia que estava gostoso, que era dele… Aquele homem que jamais havia visto e ele continuava a melhor tortura de prazer.

“Como você é gostosa! Mastro tá latejando, querendo gozar”. Eu tomada por todo aquele prazer só pedia “Goza na minha boca!”.

“Quer na boca, cadela? Fica de joelhos, abre a boca, o suga nesse gostoso. Vou jogar tudo lá dentro. Toma leitinho, engole tudo, se lambuza”. E do outro lado eu gritava e digitava “Você encheu minha boca gostoso, tô gozando… Sua cadela tá gozando pra você”.

Gritei alto o nome dele e me joguei na cama exausta… Sem nenhum toque de pele, sem ao menos ouvir a voz daquele sedutor que me chamava de gostosa, delícia e safada, me fazendo incendiar.

Nos despedimos, afinal precisávamos nos recompor. Aquela que seria apenas mais uma noite de quarta feira acabou despertando todos os meus instintos e me fez desejar loucamente que aquele homem delicioso transcendesse a tela do computador, incendiasse a minha cama e me possuísse como sendo sua.

Fonte: conto erótico enviado por uma de nossas seguidoras.

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Masturbador