WhatsApp Loja Meus Fetiches

Fui pra casa de praia de um amigo. Eu e mais uma turma. Como sempre, queríamos muita mulher, sexo e tudo mais que se tem direito para curtir.

O mais novo da turma tinha 20 e o mais velho 24.Imagine como era essa turma. Tinha 8 pessoas em uma casa, com um quarto, banheiro e cozinha. Era o maior aperto,mas muito legal e divertido. Ruim era vários homens juntos.

Na primeira noite fomos á caça de mulher. Um luau que haveria próximo dali da praia em que estávamos.Chegando lá tinha mulheres lindas , que não sabia qual escolher, mas a festa já estava acontecendo e parecia que , muitas delas, já tinham arranjado companhia.

Fui de sorte.Nessa noite conheci, uma ninfeta maravilhosa! Seu nome era Isabel.Bronzeada de praia, bundinha grande e empinada, seios médios lindos.Era boa demais!

No começo ela não queria nem conversar comigo, mas dei um elogio e saí de perto achando que não fui muito aceito, logo vi que ela estava próxima de mim o suficiente para ver seu lindo sorriso.Fui ao seu encontro e colei meus lábios nos dela… nossa, que beijo!

Queria transar, ali mesmo. No luau!Mas só rolava beijos. A beijava, com muito tesão , passava minhas mãos em suas pernas, e bunda!Ela parecia tímida no começo , mas depois se soltou.

Decidi leva-lá pra um lugar mais afastado, para ficarmos mais á vontade. Ela concordou, mas disse não aceitar transar. Aceitei, mas é claro que tentaria dissuadi-la.

No caminho, vimos um casal na moita e pareciam muito concentrados no que faziam , que não notaram nossa presença. Meu tesão, duplicou. Fiquei maluco com aquela cena… e ela também.Era a minha “deixa” pra convencê-la.

Achamos um lugar, legal. Comecei a beijá-la.Com calma, para despertar a leoa que existia dentro dela. Beijava seu pescoço, nuca. Minha bermuda quase rasgava, já que estava sem cueca. A vara , que latejava de tesão,roçava em seu corpo e, também, seu sexo, por cima do vestido fino.

Os biquinhos de seus peitos estavam durinhos. Coloquei minhas mãos neles, por cima do vestido. Estávamos em um local quase público, o risco de alguém nos pegar no flagra era iminente.

Decidi ir mais rápido… meti minha mão por baixo do vestido, senti sua calcinha  molhada! Passei minhas mão por baixo da calcinha sentindo seu sexo úmido. Ela queria transar, mas em outro lugar. Outro lugar era longe e nem sabia se conseguiria , se quisesse transar naquele dia.

Surpreendentemente ela se oferece para fazer sexo oral.Isabel toda meiga, com um olhar de felina (com fome de macho) e se abaixa. Não deu tempo de responder, abaixei meu calção. Ela se abaixou e meteu ele logo em sua boquinha maravilhosa. Delirava de tanto prazer e tesão.Ela tinha muita prática.

Chupava só a cabecinha depois descia.Depois de algum tempo, disse que ia gozar, e gozei em sua boca. Ficou toda melada, mas engoliu. Depois,a beijei.

Minutos depois ele deu sinal de vida, novamente. Pensei :”azar que alguém olhe”. Tirei seu vestido.Ela estava de pé, virei-a de costas pra mim , abaixei suas costas com a mão, até o chão. Ela empinou a bunda e coloquei fundo dentro dela.Entrou macio , pois ela estava molhada o suficiente.

Soquei a ponto dela apertar minhas pernas com as mãos, sinalizando que iria gozar.Quando ouvi ela urrar de prazer, coloquei fundo e gemi alto junto com ela.Parecíamos dois animais.

Depois de gozar novamente, voltamos pro luau. Nos beijamos mais e mais. Combinamos de nos encontrar na praça da cidade no dia seguinte .

Trocamos telefones. Uma das suas amigas a chamou para irem embora.

Fui em busca dos meus amigos , mas pensando na novinha. Seu cheiro ainda esta em mim.

Fonte: Conto erótico enviado por um seguidor anônimo.

Gostou desta história? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.

Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.

Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

 

 

 

 

Masturbador

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDesejo inesperado
Próximo artigoA sereia e o pescador
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.