E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais

Hoje eu só que você me puxe pela cintura com mãos firmes. Aperte-me contra seu peito sem deixar espaço para fuga e me beije intensamente de uma forma que não só minha boca fique molhada.

Me leve pra sua casa, para seu mundo! Joga-me aos risos na cama, tira minha calça enquanto eu estou ainda me ajeitando no centro da cama, me faça rir mais sem perder o tesão. Não tire seus olhos dos meus, jogue para longe seu All Star azul.

Vai, coloque a música que me dá tesão… Não seja meigo, porra! Seja Homem nesta hora, me dê carinho, me deixe morrendo de tesão! Desejo que uma de suas mãos passe lentamente sobre minha coxa enquanto a outra mão puxa meu cabelo e que sua boca esteja devorando a minha boca atrás de prazer.

Por favor! Eu sempre acabo implorando para parar de me provocar e me comer, mas você parece que adora me torturar. NÃO me chupe como se fosse um cachorro bebendo água! Vem com fúria pra cima do que te pertence, talvez só naquele momento, mas venha! Venha lamber! Quero sua língua brincando na minha virilha e que seus dedos fiquem molhados enquanto penetram em mim. Passa língua, bem devagarzinho e não se esquece de morder também.

Aperte minha coxa, minha bunda e também meus peitos, me puxa no seu colo e me beija me deixando sentir meu gosto ainda na sua língua, enquanto rebolo procurando o encaixe perfeito.

Não para se eu gritar, nem se eu fechar meus olhos. Continua assim e se quiser aumentar ritmo eu agradeço. Para, me provoca, me lambe de volta, me deixa arrancar fios de seus cabelos e desenhar com minhas unhas na sua costa…

Não pede nada! Faça o que quiser. Puxa-me pra fora da cama, põe meu rosto contra parede, morde meu ombro, beija minha nuca e invade o buraco que quiser. Se eu gritar, não pare!

Não se esqueça de me olhar nos olhos. Pode desviar o olhar, fechar os olhos, mas volte a olhar pra dentro da minha alma enquanto me come.

Faça-me gozar em você, pra você! E quando sair da porta a fora quero que leiam em meu sorriso “DEI GOSTOSO”!

Que entre nós dois exista mais do que gozo. Que entre nós exista uma pegação diferente, onde ninguém é de ninguém, mas neste momento um seja exclusivamente do outro… Nem que seja somente naquele momento.

Fonte: autoria Luciana Picussa

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNovinha Gostosa – Conto Erótico
Próximo artigoHoje – Conto Erótico
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.