Era noite. Eu andava na rua distraída. Começa a chover, ponho a bolsa na cabeça para me proteger. Ouço uma buzina… É o meu vizinho irritante! Sabe aquele tipinho “o gostosão mais metido do planeta”? Aperto o passo e ele abre vidro:

– Entra garota!

– Nem morta! Vou ficar mal falada até a próxima encarnação!

Ele vai me seguindo e com um sorrisinho irritante grita:

– Olha, temos as nossas diferenças, mas você já viu como que esse vestido branco ficou sexy molhado?

Passei os olhos em mim e vi que estava completamente transparente!

– Ih, to vendo a cor da sua calcinha! – exclamou ele se divertindo com a situação.

– Tá, que saco! Abre essa porta!

Ele dá um sorriso de vitória e abre. Entro e faço uma cara feia pensando o quanto está tudo transparente. Dou uma ajeitadinha discreta e percebo que ele está de boca aberta me olhando.

– Acho que você vai molhar meu carro todo – diz ele engolindo seco tentando mudar de assunto.

– Quando chegarmos, eu faço questão de secar o carro da vossa alteza! – digo em tom de ironia.

– Eita, garotinha difícil, só estava brincando – ele retruca ainda olhando para meu vestido molhado.

– Para o carro! Sabia que essa carona não ia dar certo!

– Tá louca? Não vê como a chuva aumentou? Mal consigo dirigir! – diz ele parando o carro.

Começa a discussão, tento abrir a porta. Ele tenta impedir; os dois colocam a mão juntos, por um momento nos olhamos… Neste momento reparei o quanto estávamos próximos. Perto o bastante para que eu sentisse sua respiração em mim. Senti minha boca seca quando percebi que suas mãos saia lentamente da minha e deslizava para minha coxa, afastava o meu vestido molhado e ia subindo por entre minhas pernas. Ele olha novamente pra mim e só ai solto o ar que nem sabia que estava segurando. Sinto seus dedos chegando à minha intimidade… Afastando a calcinha e acariciando meu ponto de prazer. Sinto pulsar e ficar melada… É como se todo meu fogo descesse pra lá.

Com a outra mão ele tira meu cabelo do rosto, passa a mão por minha nuca e me puxa, terminando com o espaço entre nós. Beijamos-nos ardentemente, com mãos urgentes e beijos molhados, mordidas… Não tinha mais espaço para nossa gana. Tivemos que pular para o banco de trás. Tiro sua blusa enquanto ele abre meu vestido dizendo:

– Tava louco pra arrancar esse vestido! – diz com um olhar de tesão.

Abro sua calça e ele rasga minha calcinha… Vontade imensa de penetrar logo essa garota irritante que tanto o excitava.

Ao penetrar soltamos um gemido de prazer. anos de excitação a distância sendo saciadas dentro de um carro, somente com a chuva que tampava o vidro como cúmplice.

Num movimento de vai e vem ele não sabia se dava atenção aos meus seios ou a minha boca. Sua língua quente deslizava por meus lábios, pescoço e sugava meus seios. Enquanto eu me arcava e ele puxava meus cabelos pra trás, revirava os olhos de prazer enquanto sentia sua estocada aumentar… Sua boca só ficou livre para dizer com voz rouca.

– Você é deliciosa, da forma que sempre imaginei! To ficando louco!

– Então vem ficar louco comigo, vem… Coloca tudo, vai. – falei em seu ouvido e o senti soltar um gemido e se arrepiar.

Não teve mais jeito de segurar. Nossos movimentos ficaram mais intensos e a respiração rápida. Meu coração parecia que ia pular fora do peito… Cravei minhas unhas em seu braço e percebi que ele não conseguia mais segurar, soltamos um gemido e gozamos juntos. Com a respiração ainda entrecortada nos olhamos sem dizer nada. Notamos que a chuva já tinha diminuído. Ele deu um pulo e começou a se arrumar… Olhei chateada imaginando o porquê da pressa dele. Ele olhou pra mim e disse:

– Vamos! Arruma-se agora, porque o segundo round será na minha cama! – disse sorrindo. – Agora você não me escapa mais! – completou me dando um beijo molhado.

Autoria: Conto erótico enviado por Renata Nunes
Fonte Imagem de Capa: Reprodução / Facebook
Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorPecado – Conto Erótico
Próximo artigoO meu funcionário – Conto Erótico
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.