E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais

Resolvi escrever e contar uma aventura sexual que aconteceu entre eu e meu marido há alguns dias atrás. Uma verdadeira delícia que só de lembrar já fico com vontade de repetir a façanha…

Nós dois estamos morando na Espanha. Lugar lindo! Ele trabalha com entregas de mercadorias e neste dia resolvi acompanhá-lo em seu trabalho, pois queria fazer uma rota pela costa do litoral. Desta forma, além de fazer companhia, também estaria realizando um pequeno passeio e saindo da rotina.

Saímos cedo e aproveitamos bem a viagem, curtindo paisagens e aproveitando para bater um papo gostoso. Aliás, momentos como este são ótimos para relembrar bons momentos da relação. Depois parece que tudo se renova…

Como ele faz entregas em farmácias, assim que chegamos ao local, percebemos que o estabelecimento ainda não estava aberto ao público. Ficamos ali esperando.

Conversa vai, conversa vem… Nós dois sozinhos, rua tranquila, estava cedo ainda… Sabe quando bate aquela vontade de fazer travessura? Nos olhamos com malícia e começamos um pequeno jogo de sedução. Ousei um pouco mais e peguei em seu pênis ali mesmo na cabine. Senti-o bem duro!

Foi “a deixa” que eu precisava para continuar provocando ele cada vez mais… Abri o zíper bem devagar e vi seu membro saltar todo animado para fora da calça. Passei minhas mãos ora de leve, ora com mais pressão enquanto continuava a nossa conversa, que a esta altura já estava perdendo o sentido.

O tesão começou a tomar conta de nós. Meus movimentos já estavam muito abusados e eu queria mais. Não dava para aguentar de tanta excitação!

Entramos na parte de trás da van e fechamos a porta! Se alguém viu, problema deles! Nós iríamos matar aquela vontade louca que estava nos consumindo. No momento que a porta se fechou, começamos a nos pegar com muito desejo.

Beijos molhados e abraços apertados somente pra começar… E mesmo assim bem rapidinho, pois queríamos ir direto ao assunto. Fiquei de joelhos, baixei sua calça e chupei tão gostoso o meu marido! Como ele estava duro! Ele também não deixou a desejar…

Chupava meus seios com muita vontade e me masturbava com mão. Ele percorria caminhos já conhecidos, por isso nosso fogo era imediato e meu gozo era certo. Não aguentando de tanto tesão, gozei na sua mão que me tocava de um jeito delicioso… Ele sabia me levar à loucura!

Ainda um tanto entorpecida pelo orgasmo, subi por cima dele fodendo-o com força. Meus seios balançavam direto em sua boca, enquanto isso ele aproveita para me beijar e lamber de todas as formas. Depois fiquei de quatro…

Suas estocadas eram “de pegada”! Passava uma das mãos em meu corpo enquanto metia tudo em mim. A outra puxava meu cabelo para trás… Aquele deslize do “entra e sai” estava tão bom que gozamos juntos! Uma verdadeira loucura a dois.

Foi a melhor experiência que eu já tive. Saímos suados de lá de dentro. Disfarçamos na maior “cara de quem fez arte” para as poucas pessoas que passavam na rua.

Não sei se alguém percebeou ou se a a van balançou muito. Isso não importa. Mas que foi ótimo… Aaahhhh, isso foi.

Fonte: conto erótico enviado por seguidor anônimo

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Masturbador