Sempre tive uma quedinha por minha colega de trabalho.Uma moça linda, de cabelos longos e encaracolados. Um par de olhos verdes, que chama atenção por onde passa e um corpo que dá tesão só de olhar.

Durante o período que trabalhávamos juntos, acabamos nos tornando muito amigos. Conversávamos sobre tudo e nos tornamos muito íntimos.

Durante a rotina de trabalho fazíamos algumas brincadeiras um com o outro. Neste ínterim eu me aproveitava pra colocar a mão em sua coxa, próximo ao joelho pra não ser muito evasivo. Sentia que ela estremecia, mas sorria e levava na brincadeira.

Continuávamos sempre na mesma, sem avançar, pois sou casado e ela noiva a época .

Um belo dia fui promovido na empresa. Não trabalhava mais ao seu lado, mas a via todos os dias. Passamos a nos falar  por mensagens via celular ou e-mail. Não demorou muito para que brincadeiras e provocações começassem.

Certa noite, falando através do celular, trocamos muitas mensagens extremamente picantes.

Nunca imaginei que ela poderia levar algo muito a sério.

Quando cheguei no outro dia para trabalhar. Ela me chamou em uma salinha reservada, fechamos a porta. Aí eu vi as coisas mudarem. Ela disse o quanto estava “mexida” com tudo o que falamos via celular e que havia ficado com vontade de fazer as coisas que conversamos por mensagens.

Naquele momento travei. Eu e ela tremíamos de tanta adrenalina no ar,  mas seguro de mim eu disse:”Melhor não, temos nossos compromissos”.

Dito isso, abracei forte, afim de tentar acalmá-la. Seu o rosto estava colado ao meu. O seu aroma penetrou em minhas narinas e me dominou. Lentamente procurei sua boca. Ao sentir aqueles lábios quentes, úmidos… dei mordidas safadas.

Delirei e me entreguei por completo aquele momento. Fomos interrompidos por uma batida na porta e paramos por ali.

A partir daquele momento o desejo só aumentava, precisávamos de mais, pois o desejo estava transbordando. Combinamos de nos encontrar um outro dia, na casa de uma amiga em comum, para termos mais privacidade.

No dia marcado foi de tensão e muito tesão durante o correr das horas. A ansiedade me corroía por dentro.

Enfim chegou o final do expediente. Entrei no carro e fui ao seu encontro no local combinado. Ela me recebeu na porta, usando uma pequena blusa e um short jeans, (nunca a vi com este tipo de roupa). Entrei… trocamos alguns sorrisos e poucas palavras.

Começamos a nos beijar, vorazmente, em pé e encostado na parede que ela me jogou contra. Peguei no seu braço e a puxei para o sofá. Sentei, ela abriu suas pernas sentou no meu colo e me beijou novamente com sua boca doce.

Durante o beijo, finalmente, pude sentir a pele da sua coxa. Minhas mãos não paravam de apertar aquelas coxas de pele macia. Estava alucinado sendo beijado por ela e sentindo sua respiração ofegante. Seu corpo encima do meu.

Começa a desabotoar minha camisa e a beijar meu peito. Não resisti e arranquei sua blusa e seu sutiã, me deliciei naqueles seios gostosos, que encheram a minha boca.

Tentei tirar seu short, mas ela não deixou. Levantou e virou de costas, lentamente seu bumbum maravilhoso foi aparecendo, junto com uma lingerie fio dental que a deixava mais sexy. Beijei e apertei gostoso aquele bumbum.

Então a fiz sentar e abri minha calça. Ela me interrompeu, pois ela queria fazer este trabalho.

Abriu meu zíper. Lentamente tirou minha calça e acariciou- me por cima da cueca. Vendo minha excitação, tirou meu membro pra fora e aproximou a boca molhada passando a língua na cabeça, finalmente, colocando- o na boca e alternando entre chupadas fortes e ritmadas com chupadas leves e suaves.

Eu estava louco de tesão. Fomos para o quarto e deitamos. Desta vez ela chupou colocando ele inteiro na boca. Não acreditei que aquela boquinha conseguia fazer aquilo!

Ver ela fazendo sexo oral era maravilhoso. Ela engolindo inteiro e me olhando com aqueles olhos verdes me fazendo contorcer e gemer baixinho de tanto prazer.

Então era minha hora de judiar. Invertemos de posição e comecei a beija- lá sentindo sua pele macia e cheirosa. Chupei aqueles seios gostosos, sentindo o mamilo durinho de tanta excitação. Estava vendo seu corpo respondendo aos meus estímulos. Começo a beijar e dar leves mordidas na parte interna de suas coxas pra deixa- lá mais louca e coloco minha língua em seu sexo…Gostoso! Pude sentir ela toda molhada, aquele gostinho de tesão.

A cada gemido que ela soltava era uma chupada que eu dava. Logo ela pediu o preservativo e colocou em mim. Me queria dentro dela e prontamente a obedeci.

Ela estava de barriga para cima e de pernas abertas me esperando. Fui pra cima e coloquei devagar, neste momento ela fez uma cara de safada de tesão e gemeu gostoso.

Aumentei o ritmo, metendo sem dó, sentindo ela apertada, molhada, se contraindo no meu membro. Eu metia cada vez mais forte, fazendo nossos corpos estalarem ao se chocar um contra o outro.

Virei ela de ladinho sentindo seu corpo colado no meu. Totalmente entregue… e meti gostoso, novamente.

Ouvi palavras desconexas tomadas de tesão. A voz trêmula misturada com os gemidos. Com agilidade, ela se levantou e veio para cima de mim, sentando no meu membro e cavalgando com movimentos frenéticos.

Nossos corpos suavam, fazendo com que aquele clima de desejo aumentasse. Trocamos de posição e a peguei gostoso de quatro segurando seu cabelo e dei uns tapas naquele bumbum empinado. Nesta posição apreciava a visão do meu membro entrando e saindo naquele ambiente molhado e escorregadio.

Ficamos em pé e ela me colocou novamente contra a parede. Se ajoelhou e chupou meu membro com muita vontade. Não resisti e gozei loucamente.

Com um sorriso safado veio me beijar.

Depois desse encontro tivemos vários outros, mas esse primeiro…ah… este foi especial.

 

Conto enviado por uma seguidora anônima.

E então, gostou deste texto? Comente logo abaixo o que achou desta aventura.
Quer ver seu texto publicado aqui em nosso blog?
Convidamos você para visitar nossa página no FACEBOOK 
e também nos acompanhar através do INSTAGRAM.
Diariamente muitas novidades para você! 
COMPARTILHAR
Artigo anteriorHoje o ringue é na minha cama
Próximo artigoQuem ensina quem?
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.