E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais

Somos um casal de 34 e 35 anos. Casados há 10 anos temos uma filha.Minha esposa é  uma baixinha linda de seios médios e uma bunda linda(e que bunda!Só de lembrar fico excitado). Eu sou um homem alto  e um pênis que minha mulher não reclama. Se é que me entendem.

Sempre fomos muito fogosos, o que diminuiu depois da chegada da nossa filha. Mas quando transamos sempre é quente.

Sempre tive muitas fantasias, mas o que sou mesmo, é vouyer.

Adoro quando estamos nas preliminares e ela começa a se masturbar fico louco de tesão.

Nos últimos tempos comprei um vibrador para ela daqueles com formato de pênis, quando ela viu ficou meio com o pé a trás, mas as vezes em que usamos foi diferente o tesão exalava pelo ar.

Mas voltando ás minhas fantasias… chego do trabalho por volta das 17:30. Algumas vezes chego um pouco mais cedo. Entro em casa sem fazer barulho, na esperança de encontrar minha gostosa se masturbando, mas, no máximo ,consegui espiar ela tomando banho pela fresta da porta.

Nas últimas semanas intensifiquei minhas provocações com vídeos e contos que mando para ela, mas tudo parecia não surtir efeito algum.

Em um dia do mês de dezembro, fui dispensado mais cedo do que o esperado. Cheguei em casa por volta das 15:00 e fazia muito calor. Neste mesmo dia, havia enviado para minha esposa dois links de vídeos: um de massagem entre mulheres e outro a mulher se masturbava com um vibrador.

Como de costume entrei sem fazer barulho.

Nosso apartamento tem 2 quartos e um escritório, que transformei em sala de vídeo: uma TV de 48 polegadas e um sofá muito confortável. Nesse escritório tem uma pequena janela que dá para a lavanderia. Essa janela fica sobre o sofá, em frente da TV.

Como minha esposa não estava na sala, imaginei que ela estivesse tomando banho.

Entrei e fui para a cozinha tomar um copo d’água e ouvi algo vindo da área de serviço. Chegando mais perto, percebi que a TV estava ligada.Na hora meu coração acelerou.

Cheguei mais perto e peguei um banquinho de plástico e coloquei próximo á janela,subi lentamente e espiei a TV. Ela estava vendo filme pornô. Era a cena de uma mulher chupando a outra.Hoje era o grande dia!

Ao lado da TV havia um espelho no canto da parede de onde poderia ver o sofá. Fechei um pouco mais a janela e pude ficar em pé no banquinho com visão total do espelho.Quando foquei no espelho, meu pênis quase rasga a calça de tão duro que ficou.

Podia ver perfeitamente minha esposa totalmente nua, com uma toalha na cabeça passando o vibrador nos seios e descendo bem devagar até seu sexo.

Ela passava bem devagar no clitóris, depois percorria toda a extensão da vagina e voltava ao clitóris. Na hora coloquei meu mastro para fora da calça e comecei a me masturbar. Com aquela visão maravilhosa.

Em um certo momento, vi ela jogando um líquido no vibrador e o desceu direto para o clitóris. Em seguida escorregou para dentro da vagina. Conseguia ver seu rosto… estava com os olhos fechados e se contorcia toda.

Nunca tinha visto minha mulher rebolando tanto com aquele “consolo” dentro dela.

Quanto mais ela gemia eu aumentava o ritmo da masturbação… não iria aguentar por muito tempo. Foi quando ela tirou o vibrador de dentro dela e ficou de costas para a TV. Socou novamente dentro dela , só que, agora, de quatro.

Ela aumentava o ritmo a cada socada, com uma das mãos, ela massageava o ânus.

Eu já não aguentava mais. Peguei um pano de chão qualquer e gozei forte. Tive que me conter para não fazer barulho.

Olhei minha esposa novamente e acho que ela também havia gozado. Desci do banquinho e fui saindo devagar.

Sai de casa e mandei uma mensagem para ela avisando que estava chegando.Quinze minutos depois entrei em casa e ela estava no banho.

Á noite transamos feito loucos. Aquela imagem não saía da minha cabeça. Gozei fazendo papai e mamãe,  mas meu pênis continuava duro. Pedi para que ela ficasse de quatro e meti com força. Peguei suas mãos e coloquei no seu ânus.

Vi ela abrindo um pequeno sorriso e, imediatamente, começou a enfiar um dedo no ânus. Não aguentei e gozei novamente.

Será que ela sabia que eu tinha visto seu show de tarde?

Fonte:Conto erótico enviado pelo seguidor Renatão.

Gostou desta história? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.