Trabalhávamos no mesmo local, mas ninguém sabia que mantínhamos um relacionamento por conta da política da empresa.

Um belo dia fomos chamados para fazer um serviço em outra cidade, numa pedreira que ficava no alto de uma montanha, uma paisagem espetacular de mata atlântica. Passamos a noite anterior ao serviço separados, o que nos deixou ainda mais agoniados.

Logo cedo pela manha, pegamos as caixas de ferramentas e partimos para a zona rural da cidade no sentido da pedreira para realização do serviço. Nos perdemos! Ficamos rondando por horas enquanto eu ficava provocando ele que estava dirigindo.

Aquele uniforme de mecânico dele sempre me deixou excitada. Enquanto estávamos perdidos, por varias vezes eu fiz menção a chupá-lo, alem de ficar passando a mão nas partes intimas dele por para fora da roupa.

Deixava que ele passasse a mão em mim e sentisse que eu estava completamente molhada louca pra que algo mais acontecesse, mas estávamos em uma BR e o risco era muito grande de um acidente acontecer. Ate que de repente eu não resisti e coloquei o membro dele para fora da roupa.

Já estava todo meladinho na pontinha da cabeça e nesse momento eu cai de boca. Fiz como se faz em um picolé. Lambia de baixo para cima, de cima para baixo, engolia todo ate faltar o ar e depois voltava a lamber. Ate que precisei para porque precisávamos parar para pedir informações.

Eu já não estava mais agüentando enquanto eu o lambia fiquei tão excitada que acabei gozando somente com isso, sem nem mesmo me tocar, já que ele estava dirigindo.

Quando voltamos para a estrada pegamos uma estrada de chão cercada de floresta dos dois lados, no entanto o fluxo de carros era grande pro ser área da pedreira. Só que nós não estávamos mais agüentando e precisávamos nos aliviar para poder trabalhar. Começamos há observar o tempo entre os veículos e vimos que se encostasse daria tempo de fazer alguma coisa.

Pois foi bem o que fizemos. Saímos da rota principal pegamos uma estradinha que nos levou até uma pequena subestação elétrica e nem saímos do carro.

O fogo era tanto que o vidro do carro embaçou rapidinho. Ele tirou minha roupa com tanta habilidade que parecia que estávamos em um quarto e não em um carro.

Ele começou me chupando, mas eu estava muito excitada para esperar e só fiz puxar o banco dele que era motorista para trás e sentar. Lembro daquele mastro entrando ate hoje, cada centímetro, cada tremor do meu corpo, cada arrepio enquanto ele me segurava… Sentei nela todinho e enquanto ele estava dentro de mim, eu rebolei.

Apoiava-me no encosto do banco e subia e descia sentindo ele extremamente rígido dentro de mim e me tremia por inteira até eu gozar.

Depois que gozei mudei de posição fiquei sentada de frente para o volante do carro e me apoiei nas laterais dele e continuei com os mesmos movimentos subindo e descendo fazendo questão de sentir ela dentro de mim. Ele segurava em minha cintura cada vez que eu subia e me puxava novamente para baixo como quem dizia NÃO SAIA DAI!

Estávamos muito empolgados e sem querer acabei apertando a buzina do carro, mesmo assim ele não parou. Foi ficando mais rápido e mais intenso ate que ele não agüentou e gozou dentro de mim. Senti aquele leitinho quente lá dentro e gozei novamente.

Escutamos barulho de carro e tivemos que nos vestir rapidamente. A buzina chamou a atenção do pessoal que já estava a nossa procura e por pouco não fomos pegos. Quando chegaram já estávamos vestidos, mas o carro e nossas caras não negavam o que havia acontecido ali.

Conto erótico enviado por anônima

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorNossa primeira vez – Conto Erótico
Próximo artigoAmor e Natureza – Conto Erótico
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.