E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais

Fazer sexo é muito bom com quem se gosta, mas uma boa foda é bem melhor.

Eu era o tipo de mulher que sempre teve muitos preconceitos,  certo “pudor. Até que conheci um homem que me fez mudar de ideia. Eu o vi a primeira vez saindo da padaria próximo ao condominio onde moro, mas ele mal me notou. Comentei com uma amiga que por conhecidencia o conhecia.

Quase um ano após lá estava eu cara a cara com aquele homem. Ele com um copo de cerveja no bar cuidando o movimento, eu passando pra ir para casa. Confesso que me perdi naqueles olhos, mas tinha tanta vergonha pela situação…. Éramos comprometidos e eu nunca tinha traido o meu marido.

Tempos depois por intermédio da mesma amiga nos encontramos em uma praça bem discreta da cidade. Conversamos e trocamos alguns beijos, sem perspectivas de novos encontros. Até que um dia saímos novamente e ficamos dentro do carro conversando e nos acariciando.

Ele perguntou se eu queria ir a um motel com ele. Tremi na base! Já fazia algum tempo que aquele homem me despertava “certa”curiosidade,  antes dele saber que eu existia. Transamos loucamente, sem promessas. Apenas mais uma transa, uma foda como tantas que já era normal na vida dele. Na minha não…

Ao longo de muito tempo, as vezes com alguns obstáculos, alguns intervalos nos encontramos varias outras vezes. Não saberia nem numerar. Foi ficando cada vez mais gostoso, um conhecendo o jeitinho que o outro gostava de ser tocado, beijos, posição…

Lembro de um dia depois de muitas “provocações” à distancia, marcamos um encontro. Eu estava faminta para beijar aquela boca. Nos encontramos no estacionamento do Barra Shopping. Enquanto nos dirigíamos para o motel levei a mão no parquinho para ver a “situação”e para minha surpresa ele já dava os primeiros sinais que a tarde “prometia”.

Chegamos no motel começamos a nos beijar. E que beijo! Aquele beijo era um convite,  aquela pele roçando na minha. Coloquei seu membro todo dentro da boca e comecei a suga-lo e massageá-lo.

Quando não aguentávamos mais de tanta tesão resolvemos saciar a nossa vontade. Explodi de tanto tesão.E assim ficamos a tarde. Várias posições, sexo de tudo que é jeito. Fui à loucura varias vezes…

Costumamos dizer que a química que temos é “perfeita”. Acredito que não é só sexo, é todo o conjunto, senão já teríamos enjoado. É muito tempo! Às vezes me culpo por esta historia, todas as pessoas envolvidas que tenho receio de magoar, mas ele deu um colorido especial na minha vida.

Sei que futuro não nos pertence, só quero que seja ETERNO ENQUANTO DURE. Também sei que não vai durar por muito tempo, mas com certeza na minha memoria serão momentos inesquecíveis….

Autoria: anônima

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorO Instrutor
Próximo artigoReacender a paixão – Conto Erótico
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.