E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais

Ha algum tempo estava um pouco perdida. Tinha muitos contatos, baladas, convites, mas ninguém me interessava de verdade. Percebi que não estava sendo eu mesma e decidi parar. Tirei todo mundo dos meus contatos, estava com novos planos em minha vida. Tinha acabado de fechar um negócio na compra de um apartamento e estava para começar a tirar minha habilitação, que era um sonho também.

Chegou o tão esperado primeiro dia de aula. Não sabia exatamente onde era o local das aulas, mas encontrei uma moça super simpática que falou que estava indo fazer aula também e que me avisaria a hora de dar sinal. Chegando lá identifiquei o carro ao qual eu faria as aulas, mas não sabia qual era o meu instrutor, já que eles estavam em uma roda de amigos conversando.

Um me chamou a atenção, era branco, mais ou menos da minha altura, com uma barba bem feita, cabelos com luzes espetadinhos e um olhar brilhante. Isso me encantou! Não conseguia parar de olhar e ele retribuia me deixando mais sem graça. Eu me escondi atrás da moça e pedia a Deus para não ser ele o meu instrutor. Algo já me dizia não ia ser apenas aulas.

Quando deu 17h me aproximei dos instrutores e perguntei tímida quem seria o Tony ( nome fictício ) e ele me estendeu a mão para pegar os documentos. Estremeci e não sabia o que falar, ele apenas me disse “sou eu” e eu quase morri.

O primeiro dia foi super tranquilo, trocamos o número de telefone, para qualquer eventualidade. Então no segundo dia após a segunda aula ele iria me levar até o terminal mais próximo. Estranhei o caminho e ele parou o carro em uma rua mal movimentada.

Quando me dei conta só vi o meu sinto de segurança voando após ele soltar e me pegar desprevenida com um beijo quente e cheio de tesão. Não consegui mais ficar longe dele um dia se quer, mas eram só alguns “amassos”.

Um dia fui para minha aula normalmente, mas estava chovendo muito e eu preferi não fazer a aula. Ficamos no carro conversando, até que a chuva deu a trégua e sai com o carro para dar umas voltas. Paramos em uma rua meio deserta, já estava anoitecendo…

A chuva voltou e não resistimos começamos a nós beijar calorosamente. Não resisti em toca lo e em deixar que me tocasse. Ele me disse que não teria coragem no carro da autoescola. Foi quando o celular dele tocou e percebi que era alguém informando que haviam pontos de alagamento na cidade. Então ele prontamente tentou me levar pra sua casa, mas observamos na estrada principal que se ele fosse não daria pra voltar, pois o sentido oposto estava congestionado.

Fomos para minha casa, chegamos lá bem tarde. Tomei meu banho, coloquei um vestidinho coladinho e mandei ele tomar o dele. Nem conseguia raciocinar, pois eu estava nos último dia de menstruação e fiquei com vergonha. Fomos para a cama, deitamos de conchinha e ele começou a beijar meu pescoço, a me segurar forte pela cintura até colocar a mão em meu sexo.

Eu estava louca de desejo e tesão por ele, não aguentava mais! Falei pra ele sobre o pequeno detalhe, ele disse que não se importava. Mesmo constrangida, meu corpo queria o dele. Eu me entreguei! Nos beijamos loucamente enquanto a chuva desmoronava lá fora.

Lembro até hoje o prazer que foi sentir ele me invadir, me deixando louca, acariciando meus seios e me beijando. Ajoelhei sobre a cama e desci até sua cintura e vi o quanto ele era lindo, o sexo mais perfeito que já vi. Não pensei duas vezes e comecei a chupar freneticamente. Ele se arqueava de tanto prazer…

Seus olhos brilhavam olhando os meus, minha boca pedia a dele. Continuei acariciando ele com uma das mãos e ele gemia e se contorcia todo. Fiquei alucinada com aquela cena. Quase gozei de tanto tesão! Até que ele não aguentou mais e explodiu em minha boca aquele leite adocicado e quente. Senti ele escorrendo na minha garganta. Nunca mais vou esquecer o sabor do meu instrutor.

Autoria: anônima

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorSaciando meu tesão – Conto Erótico
Próximo artigoPerdendo pudores – Conto Erótico
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.