Somos casados há 13 anos e meu marido tinha o desejo de me ver transando com outros homens.

Achei que ele fosse louco, briguei muito, mas ele me convenceu dizendo que muitos casais faziam isto. Certo dia finalmente eu cedi.

Entrei em sites de relacionamentos e comecei uma busca maluca por um homem que ao menos fosse parecido com ele. Foi então que conheci Luciano! Além de parecido, tinha muita coisa em comum, inclusive nasceu no mesmo dia que meu marido, sem contar outras coincidências.

Ele pegou meu contato em um dos sites e começamos uma conversa interessante. Entre ligações, mensagens e conversa pela cam fomos nos conhecendo cada vez mais.

Após um mês marcamos um encontro. Só que ele sofreu um pequeno acidente e não poderia viajar naquele dia, pois morávamos a mais ou menos 150 km de distância. Resolvi então ir encontra-lo na cidade dele.

Combinamos dia e local do encontro.  Cheguei na rodoviária e lá estava ele me esperando. Fui como ele havia me pedido: com um vestido e sem nada por baixo. Era um misto de excitação e medo, afinal era um homem estranho que so tínhamos contato por telefone.

Fomos para um hotel. Eu tremia até chegar lá. Não toquei nele e fui tomar um banho. Luciano pediu para ir comigo e deixei. Começou a me tocar, abraçar e beijar… Não resisti mais! Nós dois fomos para cama e fizemos amor um amor tranquilo com pitadas de sacanagem.

Como meu marido não poderia ficar de fora, pediu para que eu ligasse a webcam do notebook enquanto estivéssemos fazendo sexo. Assim fiz. Luciano transou comigo de todas as formas enquanto meu marido nos espiava do outro lado da tela e se masturbava intensamente. Soltei aquela fêmea que existe dentro de mim, porque sei que meu marido adora isso… Foi muito prazer para ficar em uma única vez.

Voltei para casa e meu marido estava louco e completamente insandecido de vontade de me pegar e fazer amor. Nunca vi ele com tanto tesão! Na semana seguinte Luciano foi para minha casa onde sim realizei a fantasia do meu marido: me ver sendo possuida por outro.

Eu e Luciano passamos alguns meses vivendo essa loucura que acabou virando paixão. Até que um dia ele pediu para que eu escolhesse entre os dois. Claro que eu preferi ficar com Fábio, meu marido, pessoa que conheço tão bem.  Nossa cumplicidade vale muito mais do que paixões passageiras.

Mas não pensem que nossas fantasias pararam por aí, pois tenho outras histórias para contar… Coisas de casal bem entrosado!

Conto erótico enviado por Regiane F.
Fonte Imagem de Capa: Reprodução / Facebook
E então, gostou deste texto? Comente logo abaixo o que achou desta aventura.
Quer ver seu texto publicado aqui em nosso blog?
Convidamos você para visitar nossa página no FACEBOOK 
e também nos acompanhar através do INSTAGRAM.
Diariamente muitas novidades para você!