E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais

Era época de copa do mundo .Os jogos faziam com que saíssemos mais cedo do trabalho .Um dia destes que eu me encontrei com minha amante Cris.

Costumávamos sair para passear, sempre por lugares ainda não conhecidos. Foi assim durante onze anos.Experimentamos de tudo um pouco.

Transávamos em motel.Também no carro… nas casas de suingue, na praia.

Naquele dia de jogo entre Brasil e Itália, estávamos andando por um local de muita natureza… árvores, flores, plantas frutíferas e muitos sítios pelo caminho.

Resolvemos parar e descer do carro .Foi aí que nos abraçamos e beijamos muito. Um fogo gostoso adentrou em nossos corpos. Ela estava de vestido curto.

Nossa! Ela era uma morena gostosa de cabelos pretos e peitos exuberantes. Estava com uma calcinha preta pequena.

Peguei sua mão e a levei para o mato. A encostei em uma árvore frondosa e sombreada… começamos a transar com volúpia e tesão.Olhando em seus olhos e sentindo ela todinha em mim.

Fizemos um sexo como nunca tínhamos feito.

O medo de alguém chegar, assim como o prazer de estar em meio á natureza.Ouvíamos o grito da torcida ao longe… dentro de suas casas.

Em determinado momento, olhei para o céu e vi as estrelas com uma intensidade de luz sobre nós.

Era chegado o momento de nosso gozo.Foi um prazer indescritível.Inesquecível !

Permanecerá para sempre em minha memória.

Conto erótico enviado pelo seguidor Pietro.

Gostou desta história? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.

Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.

Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorUma Noite de Verão
Próximo artigoFetiche antigo
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.