E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais
Certo dia andando próximo de minha casa, me deparei com uma linda morena que a poucos dias tinha se mudado pra vizinhança. Ela tinha os cabelos cacheados, pele morena, uma boca carnuda, sorriso lindo e um corpo belíssimo esculpido na academia.
Passava pela rua quando de repente ela deixa sua chave cair. Se abaixa quase que em câmera lenta só pra me provocar. Nossa, que visão!
Ela de quatro com aquela calça legging preta bem justa, consegui de imediato imagina-la sem roupa. Fiquei demais exitado e não resisti e fui em direção a ela. Super tímido e envergonhado lhe disse:
-Oi, ela meio assustada só me olhou e demorou um pouco pra responder.

-Oi, posso te ajudar em algo?

Neste momento fiquei sem saber o que dizer e só o que vinha em minha mente era ela naquela posição nua pegando a chave. Foi então que no calor do momento lhe disse:

-Sabe você é muito linda e queria saber se você…

– Eu o quê? Com tom de curiosidade ela me apressa a responder.

– Eu queria saber se você já teve algum fetiche?

Com um sorriso tímido ela me respondeu:
-Não sei? Você tem algum me conta.

Ela me perguntou, então lhe respondi:
-Sim, tenho vontade de abordar uma desconhecida entrar em sua casa arrancando sua roupa , com pressa como se não houvesse amanhã lhe deixando com muito tesão.

Foi nesse momento que ela me pegou pelos braços e me puxou pra dentro de sua casa como se estivesse me sequestrando.

Começou a me beijar loucamente e arrancou minhas roupas, em segundos. Eu estava completamente nu na frente dela com minha intimidade latejando de tanto tesão.

Então fiz o mesmo arranquei a roupa do corpo dela a coloquei em cima de uma mesa e comecei a beijar sua intimidade que já estava super molhada. Chupava ela com muita vontade enquanto a olhava com o canto dos olhos via ela gemer e arranhar a mesa de madeira deixando as marcas de suas unhas.

Nossa, isso me deixava cada vez mais louco, então não perdi tempo e a penetrei. Ela estava com mais tesão do que eu e sua intimidade de tão molhada chegava a escorrer por sua coxa.

Foi incrível sentir a intimidade dela se contraindo como se estivesse massageando meu membro. Eu entrava e saia dela. Cada vez mais rápido e ela se controlava ao máximo para não gemer muito alto.

Talvez não quisesse passar uma má impressão para os vizinhos e eu cada vez mais intenso meu coração batia na mesma velocidade que eu penetrava nela.

Então lhe puxei da mesa e em pé mas sem sair de dentro dela a levei para o quarto. Ela cavalgou bastante até chegarmos na cama, deitei ela e logo decidi realizar aquele sonho acordado que tive antes disso tudo começar.

Coloquei ela de quatro com uma das mãos enrolei o cabelo dela e puxei com a outra segurei em sua cintura, apertei e a penetrei com muita vontade.

No começo fiquei com medo de machuca-la, mas ela praticamente me implorava para que eu a estocasse cada vez mais forte. O som da sua bunda batendo em minha coxa ia aumentando cada vez mais e mais.

Ela mordia o travesseiro tentando não gritar de tanto prazer e isso me deixava com ainda mais tesão. Pois eu queria que ela gritasse pra todo mundo ouvir.

Foi então que durante as penetrações violentas, puxões de cabelo e apertos na cintura que ela deu um grito de puro prazer. Ela estava tendo um tremendo orgasmo, que de tão forte parecia que a sua intimidade estava espremendo meu membro.

Não resisti e gozei com muita vontade dentro dela. Nossa… que gozada! parecia que gozaria por dez minutos sem parar.

Nossos corpos suados e exaustos. Não acreditava que aquilo tudo estava acontecendo comigo. Deitei na cama praticamente sem forças pois parecia que havia deixado toda minhas energias dentro dela.

No meio dessa loucura toda me ocorreu que eu nem sequer sabia seu nome e quando lhe perguntei ela me respondeu:

-Se eu te falar como me chamo vai estragar o meu fetiche.

Ficamos assim como dois desconhecidos que transaram loucamente.

 

Conto enviado por um seguidor anônimo.

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Masturbador

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDaniele – Conto Erótico
Próximo artigoSegundas Intenções – Conto Erótico
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.