Essa história é antiga. Não é necessariamente um conto erótico, mas um fato erótico que marcou muito e até hoje atiça minha imaginação… Numa noite de outono fui ao cinema com meu noivo, com quem já me casei. Estava linda num vestido escuro e um casaco longo que tinha naquela época. Já fui sem calcinha para poder brincar no escurinho junto com ele… Só que não contava com este imprevisto no meio do caminho.
Mal nos sentamos, um homem ao meu lado tocou levemente minha perna. Minha primeira reação foi de espanto! Olhei pra ele com raiva e me deparei com um sorriso malicioso e olhar ardente. Fiquei imóvel, achando que meu noivo tivesse percebido. As luzes apagaram e o filme começou. E meu noivo devia estar gostando muito deste filme que nem me deu atenção; eu também não fiz questão nenhuma de ficar provocando ele…
Discretamente coloquei meu casaco em meu colo… Um sinal verde para que aquele estranho pudesse tocar em mim. Em seguida, pude notar seus dedos me procurando por baixo do casaco. Confesso que era muito macia, gostosa, quentinha… e dedos incrivelmente ágeis. Ele foi direto em meu sexo; abri levemente as pernas para que ele pudesse ficar a vontade. E continuava olhando o filme, como se nada tivesse acontecendo. Comecei a ficar molhada. Ouvi um suspiro baixinho quando ele viu que estava sem calcinha. Provavelmente não esperava por isto…
Seus dedos  eram mágicos! Despertou sentimentos que até então não conhecia… Estava fazendo algo errado e não estava nem um pouco preocupada com isto. Abri mais as pernas, ele enfiou os dedos em mim. Fazia movimentos discretos, fortes e enlouquecedores.  Ele me apertava, fazia pequenos círculos e enfiava novamente… Uma verdadeira delícia! Com certeza, este sabia como manipular uma mulher… Era tamanha sua habilidade que cheguei ao orgasmo imediatamente e tinha que permanecer imóvel, silenciosa.. Mas ele sentiu que eu tremi!
Ao meu lado, meu noivo não percebia nada! Deixei que minha mão escorregasse em direção de sua calça, mas ele me impediu no meio do caminho. Sentia vontade de ver seu rosto, mas contive-me. Juro que percebi uma modificação em sua respiração pouco tempo depois. Tenho quase certeza, pois ouvi um suave rangido em sua poltrona e pude perceber um lenço em sua mão. Pouco tempo depois, ele levantou e saiu, antes mesmo do filme terminar.
Esperei passar uns minutos, cochichei no ouvido do meu noivo que iria ao banheiro e tentei encontrar aquele homem. Estava no final do corredor, quase indo embora. Chamei por ele… Um homem bonito com um charme especial que só os homens mais velhos sabem ter. Disse que não poderia ir embora sem antes me dizer quem era, se poderia vê-lo novamente. Apenas sorriu e me levou pra dentro do banheiro masculino. “Quero você, menina!” ele disse enquanto fechava a porta e levantava o meu vestido.
Abaixou-se diante de mim e abriu minhas pernas… Enfiou-se no meio delas e fez eu ir ao céu novamente só com sua lingua quente e extremamente experiente. Sua boca me mordia levemente e me torturava com seus dedos novamente. Agora ele tinha livre acesso, poderia fazer o que quisesse. Aumentou o ritmo enquanto me sugava forte. Segurei-me nas paredes, agarrei-o pelos cabelos enquanto gozava de uma maneira louca e completamente proibida! Ele me lambeu em todos os cantos, disse que eu era deliciosa demais e que jamais iria esquecer aquela noite. Foi embora tal qual como entrou em minha vida… em silêncio. Despediu-se com um beijo em meus lábios e foi embora.
Voltei para a sala de projeção e assisti, sem o menor interesse, às cenas daquele filme. Não conseguia tirar aquele homem da cabeça e nem as sensações que ele deixou em mim… no meio das pernas! Antes de me casar, tornei a ir naquele cinema, no mesmo lugar, mesmo horário, só que desta vez sozinha. Tinha esperança de ser tocada novamente por ele, só que isto nunca aconteceu. Não chegou a ser uma transa completa, mas toda vez que relembro esta cena fico muito excitada.
Ás vezes, um imprevisto sai bem melhor do que algo planejado.
Conto enviado por Wanda O.R. – 20/06/2013
Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorSexo no Elevador – Conto Erótico
Próximo artigoMulher casada na balada – Conto Erótico
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.