E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais
Eu faço parte de um site de cobertura de eventos católicos, que no ano de 2017 fez 10 anos de existência.
Desde então várias Paróquias fazem homenagem ao site pelo trabalho que fazemos. No dia 24 de novembro de 2017 fomos homenageados em uma Paróquia que eu nunca tinha ido, mas já tinha visto o Pároco responsável dessa Paróquia.
Era um Padre jovem, muito bonito e com uma estrutura física invejável. Neste dia, eu e mais três pessoas da equipe fomos acolhidos por este belo Padre. Intrigante o fato que ele só queria ficar próximo à mim.
Até então eu não vi maldade nele, mas sentia que estava com segundas intenções. Continuamos na igreja até a missa terminar e fomos para casa. Quando eu chego em casa, encontro em meu Facebook várias mensagens dele (do Padre), todo preocupado comigo. Então respondi dizendo que eu tinha chegado bem em casa e me surpreendi quando ele me mandou seu número de WhatsApp pedindo para chamá-lo para conversar.
No dia seguinte eu o chamei para conversar. Não foi nada demais, conversamos sobre vida pessoal e assuntos diversos. Ele me perguntou o que eu fazia. Falei que estou finalizando a faculdade, sou estudante de letras vernáculas. Fiquei surpresa quando ele perguntou se ele poderia ir me buscar na faculdade qualquer dia.
“Claro que sim” foi minha resposta. “Segunda-feira às 19 h vou te buscar pra gente tomar um chopp”, ele falou.
Fiquei sem entender, mas também não disse nada. Aceitei o convite, pois sempre achei ele lindo e maravilhoso. No dia combinado ele foi me buscar na faculdade. Saímos, tomamos chopp, resenhamos bastante e para finalizar a noite fomos para o melhor motel da cidade.
Foi tudo muito novo para mim, pois até então nunca tinha acontecido nada parecido antes na minha vida. Eu fui preparada com uma linda lingerie sexy. Apesar de saber que eu estava saindo com um Padre, não poderia perder a oportunidade de ver aquele belíssimo corpo sem roupas.
Ele começou a tirar a roupa e me beijar ao mesmo tempo. E eu amando tudo aquilo!! O homem era maravilhoso! Sentia os braços dele me apertando, sentia o volume na calça quando ele me abraçava… O beijo era maravilhoso!
Tirei a blusa e a saia que eu estava usando, fiquei só de lingerie. Era uma lingerie linda, vermelha! Ele ficou encantado, disse nunca ter visto nada igual, mas que preferia me ver nua.
Ele tirou o meu sutiã, começou a beijar os meus seios e foi descendo devagar… Assim que ele tirou a calça, não hesitei e fiz um oral maravilhoso nele. O padre delirou!
Depois fomos para a penetração. O pênis dele era enorme! Dava pra perceber e sentir. Não aguentei tanto tesão e falei ao seu ouvido: “Bota no meu cuzinho”. Ele ficou surpreso, mas não se fez de rogado e realizou o meu pedido.
Fizemos um sexo anal maravilhoso. O homem é inesquecível na cama! Pra finalizar a noite, gozamos juntos em um maravilhoso 69 mais tarde.
Até hoje nos encontramos, saímos para beber e curtir. Na cama fazemos muito sexo anal, pois eu amo e ele também. Ele me presenteia e está comigo sempre que pode. Sei que ele é um Padre, por isso não cobro presença dele. É nosso segredo!
Conto erótico enviado por F., seguidora anônima.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorConto Erótico: A Estagiária e o Advogado
Próximo artigoEssa noite sou só tua
Contos Fetiche é um site de Contos Eróticos que reúne histórias reais de pessoas com mente aberta e que curtem compartilhar suas experiências de maneira despretensiosa. Todos os textos aqui publicados são contos enviados por nossos seguidores ou então adaptados por um de nossos editores.