Meu nome é Patrícia, tenho 40 anos, casada há 16, mãe de dois filhos. Posso dizer que hoje estou na melhor fase da minha vida, mas infelizmente meu marido não me acompanhou e deixa muito a desejar.

Sou fogo puro, amo sexo e principalmente o sexo bem feito. Gosto do meu marido, mas nesses anos de casados ele parece que parou no tempo. Recebo muitas cantadas no dia a dia e não é fácil resistir, mas uma em especial chamou muito minha atenção.

Estava em um shopping com meu marido e meus filhos, quando notei que um rapaz, novinho, gatinho, me observava. Achei que nem era comigo, que estava imaginando, afinal sou uma mulher de 40 e ele aparentava ter uns 25. Realmente era comigo, me olhava de um jeito que me deixou louca.

Saímos juntos do shopping, ele na frente e eu, meu marido e filhos logo atrás. Quando íamos para o estacionamento onde estava nosso carro, ele passou por mim no carro dele, jogou um bilhete e fez sinal para que eu pegasse. Disfarcei e peguei o bilhete, afinal aquilo estava mexendo comigo. Ele era demais… Estava doida para chegar a casa e ler o que estava escrito naquele bilhete. E lá estava o número de telefone. Logo gravei e fui verificar se ele tinha whatsapp. Com certeza!

Puxei conversa, rimos da loucura que ele tinha feito. O papo fluiu normalmente até que em determinado momento ele me disse: “quero você”

Uau… que loucura gostosa! Um rapaz de 28 anos com carinha de 25, lindo, me querendo, era demais para mim. O tempo foi passando, conversamos algumas vezes, mas ele tinha namorada e na correria do dia a dia acabamos parando de se comunicar. Aquele gatinho não saiu da cabeça e ficou no ar aquela vontade, aquele desejo…

Depois de alguns meses certo dia lembrei-me dele. Vi que ele estava online e novamente puxei conversa, afinal aquele pedaço de mau caminho mexia comigo. Neste dia, nossa conversa esquentou fazendo o desejo aumentar ainda mais.

Dias depois nos encontramos naquele mesmo estacionamento. Eu estava sozinha e ele também, me chamou para conversar no carro dele, nos afastamos um pouco para um lugar mais tranquilo, sem muito movimento e as coisas pegaram fogo.

Aconteceu um beijo, e outro, e mais outro, ele me desejava, me queria, e eu também. Nessa loucura do momento, não passou pensamentos sobre perigo ou consequências. A vontade era muito maior do que qualquer coisa. A essa altura eu já estava pra lá de excitada, suas mãos percorriam meu corpo, seus beijos eram uma delícia, senti seu membro duro de desejo. Suas mãos me excitavam ainda mais…

Quando abriu a bermuda me pediu para tocá-lo, enlouquecemos de desejo. Abriu os botões da minha calça e seus dedos começaram a me tocar. Ficou louco quando sentiu o quanto eu estava molhada. Comecei um oral nele que deixou ele mais maluco ainda.

Entre muitos desejos, beijos, carícias e muito tesão, chegamos ao clímax. Ele gozou em minha boca e eu com seus dedos me tocando, me penetrando, gozei também. Que delícia satisfazer a vontade daquele garoto e o meu também.

Ele continuava me olhando, com aquele apetite… Que delícia! Foi tudo inesperado, gostoso e ficou no ar aquele gostinho de quero mais… E ele disse que quer.

Será que vou conseguir resistir ao charme deste novinho? Mas uma coisa posso dizer: ele me fez sentir uma mulher muito desejada, Foi gostoso demais!

Fonte: conto erótico enviado por seguidora anônima

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.